AC312C: O novo membro da família

A empresa Harbin Aircraft Industry Group (HAIG) apresentou, com ostentação, sua família em maquete na Exposição de Helicópteros da China, em Tianjin, incluindo as versões atualizadas do AC312.

Baseado na família Dauphin da Airbus Helicopters que essa subsidiária da Aviation Corporation of China (AVIC) tem fabricado desde 1981, o AC312 é o modelo de base original da família.

O porta-voz da AVIC HAIG disse que a sucessiva variante AC312A, que possui um alcance de 641km, foi desenvolvida com uma nova aviônica e um motor mais poderoso para obter um desempenho melhor ainda em alta altitude.

heli

O AC312A está em processo de produção há ‘alguns anos’, segundo o porta-voz, e já foi ‘exportado para vários países’.  Ele é equipado por dois motores WZ-8F, uma versão licenciada do motor Arriel 2 da Turbomeca.

Houve também um grande interesse na apresentação de um modelo do AC312C 4t, o qual, apesar de ainda ser baseado na família Dauphin, recebeu mudanças drásticas no design da fuselagem.

Ele mantém o rotor de cauda Fenestron característico do Dauphin, embora um design apresentado dois anos atrás ter um rotor de cauda convencional com quatro pás.

A revisão preliminar do design do AC312C foi concluída em junho e a revisão crítica do design ocorreu algumas semanas atrás.  A sua meta para obter a certificação da Administração de Aviação Civil da China (CAAC) é 2018, um ano depois do AC312E.

A maquete na exposição em Tianjin apresentou o AC312C em configuração para serviços de emergência médica (EMS), com uma porta em formato de concha na parte traseira da fuselagem, permitindo o acesso de duas macas. No entanto, o representante de vendas da AVIC disse que a aeronave bimotor é voltada para o mercado geral de aviação.

O AC312C foi especialmente desenvolvido para operar em ambientes altos e quentes, tais como aqueles encontrados nas regiões montanhosas e de planaltos da China, explicou ele.

O AC312E é uma outra variante atualmente em desenvolvimento e sua certificação está planejada para 2017. Essa versão é descrita como uma evolução tecnológica simples do AC312A.

Baseado no contrato concedido no primeiro trimestre deste ano, Rockwell Collins é responsável pela aviônica tanto do AC312C quanto do AC312E, que ficará baseada no sistema Proline 21 da empresa.  Porém, o motor específico não foi divulgado ainda. Ele será capaz de voar 500km e carregar uma carga útil de 600kg após decolagem a uma altitude de 4.500m.

Diferentemente das rodas retráteis do AC312A, o novo design utiliza patim.  O tubo de cauda é mais alto para que possam caber as portas traseiras da cabine.

Deixe uma resposta

- Saiba o que é trollagem: Cuidado com os TROLLS !

- Política de moderação: Política de moderação de comentários: sua consciência

Os comentários não representam a opinião do Piloto Policial. Os comentários são de responsabilidade dos respectivos autores.

Comentários

comentários