Análise: O mercado de VANT finalmente atingiu o pico de expectativa?

Se houver uma palavra que possa descrever o mercado comercial do drone durante os últimos anos é “expectativa”.

Drones – ou veículos aéreos não tripulados – têm sido uma indústria em crescimento, com bilhões de dólares de financiamento sendo injetado em projetos promissores ou empresas start-ups. Os capitalistas de risco e geeks da tecnologia têm apostado forte nessa área.

DroneBannerImage

 

A tecnologia tem sido descrita como resposta para diferentes desafios industriais, sociais e econômicos, sendo realmente difícil acompanhar todas as suas possíveis aplicações.

Os VANTs são oferecidos agora não apenas para atividades de hobby, mas para a inspeção da infra-estrutura, serviços de entrega, fotografia aérea, vigilância, agricultura, e a lista continua crescendo.

Na verdade, essas promessas de campos de utilização dos drones têm contribuído não apenas para o boom da tecnologia, mas também para inflar as expectativas do mercado.

Agora estamos vendo sinais de que a indústria de desenvolvimento de drones está vacilante, lutando para cumprir tantas promessas. O otimismo da indústria foi substituído por um número significativo de empresas de desenvolvimento de drones cancelando projetos, demitindo pessoal e até mesmo desistindo do negócio.

No mês passado, a divisão de pesquisa do Alphabet – de propriedade da Google – encerrou um projeto de vários milhões de dólares para construir pseudo-satélites de alta altitude (HAPS), uma aeronave não tripulada que poderia voar nos confins da atmosfera e fornecer acesso à internet para pessoas em áreas com infra-estrutura limitada.

Já o fabricante francês de VANT Parrot, um dos principais players da indústria de drones, também anunciou no mês passado a demissão de 290 funcionários após um desempenho de vendas abaixo do esperado. No ano passado, o start-up 3D Robotics dos Estados Unidos também enxugou seu quadro de funcionários e reorganizou grande parte de seus esforços de desenvolvimento.

Tal movimento de consolidação geral é a provável tendência da indústria para 2017 e além.

“Muitas empresas que estão no mercado agora, não estarão no mercado até o final de 2018”, disse Michael Blades, especialista em VANT na consultoria Frost & Sullivan.

Uma empresa que tem atropelado seus concorrentes no mercado de VANT comercial, de acordo com a Blades, é o fabricante chinês DJI, líder no segmento de drones de custo de US $ 5.000 ou menos, que são geralmente utilizados pelo público em geral.

Blades descreve o período atual no mercado de UAV como o “vale de desilusão”, uma referência ao conceito de ciclo de expectativa (“Hype Cicle”) apresentado pela empresa de pesquisa Gartner. O movimento vem depois de um período conhecido como o “pico de expectativas”, onde o mercado vê sinais promissores de sucesso entre os pioneiros no mercado.

Gartner-Hype-Cycle

ACIMA: Uma representação visual do “Ciclo Hype” mostrando o movimento de desilusão, onde alguns analistas acham que se encontra atualmente o mercado de VANTs.

Uma esperança para a hipótese de “ciclo de hype” é que as empresas sobreviventes serão mais fortes e irão compreender melhor o que o mercado realmente deseja a longo prazo, tanto para o mercado consumidor final quando para as atividades comerciais para grandes organizações, como inspeção de infra-estruturas ou agrimensura.

Isso é verdade para o mercado consumidor, mas é especialmente pertinente para as empresas que oferecem serviços de drone comercial para grandes organizações. “Para chegar ao topo do mercado, você tem que ser completamente diferente dos demais. Você já deve ter sido provado pelo mercado”, disse Keven Gambold, CEO da Unmanned Experts.

Gambold refere-se a isso como “atravessar o abismo”, uma referência ao livro do mesmo nome de Geoffrey Moore, onde a tecnologia salta do momento de ser usado exclusivamente por entusiastas da tecnologia para fazer parte do mercado consumidor normal.

“Hoje, eu teria dificuldade em encontrar 50 empresas viáveis que poderiam operar em nível empresarial”, disse Gambold. Mas o atual problema a ser enfrentado, sem dúvida nenhuma, refere-se aos órgãos reguladores.

O crescimento dependerá, em última instância, da regulamentação e de como organizações como o Federal Aviation Administration (FAA) dos Estados Unidos e outros órgãos da aviação civil se manterão atualizados e se adaptarão à crescente tecnologia. O ritmo lento e confuso do FAA e demais órgãos em regular o assunto certamente não ajuda e tem sido quase que universalmente criticado pela indústria como uma completa “desordem”.

Em suma, não acredite que os VANTs serão amplamente adotados e utilizados por um número significativo de empresas comerciais já em 2017. Espere ver ainda uma grande consolidação entre fabricantes e fornecedores de VANT como resultado da realidade e expectativa do mercado.

Fonte: Shephard, adaptado por Piloto Policial.

Deixe uma resposta

- Saiba o que é trollagem: Cuidado com os TROLLS !

- Política de moderação: Política de moderação de comentários: sua consciência

Os comentários não representam a opinião do Piloto Policial. Os comentários são de responsabilidade dos respectivos autores.

Comentários

comentários