Assaltante foge a nado e é preso pelo BAPM/SC

Um assaltante teve fôlego para fugir a nado de policiais militares na praia de Palmeirinha, em Balneário Piçarras, no Litoral Norte, na tarde desta terça-feira (10Nov09). Ele nadou dois quilômetros mar adentro, foi perseguido por salva-vidas militares e só foi preso no fim da tarde, com ajuda do helicóptero Águia, da Polícia Militar de Joinville. Os PMs tiveram de atirar e pular na água para detê-lo.

Fuga a nado em Santa Catarina

Jackson Fernando Martins, de 21 anos, conhecido como “Bolinha”, já tinha passagem por furto e estupro seguido de tentativa de homicídio quando menor, segundo informações dos Bombeiros Militares e do major Nelson Coelho, do Grupamento de Radiopatrulhamento Aéreo (Graer).

Armado com uma faca, o assaltante teria rendido uma mulher de 42 anos e o filho de sete anos em uma casa da localidade Coahb, em Piçarras, pela manhã. Na fuga, ele teria levado aparelhos eletrônicos como DVD e celulares, além de cheques e R$ 180 em dinheiro. A PM foi chamada e, à tarde, localizou Jackson escondido apenas de sunga em um mato da praia de Itajuba, em Barra Velha. A suspeita é que ele estivesse consumindo drogas.

Perseguido, o assaltante pegou carona em uma motocicleta até a praia da Palmeirinha. PMs do helicóptero Águia tiveram de fazer disparos na água para que ele se desgrudasse de uma pedra, conhecida como laje do Jaque, ponto bastante frequentado por surfistas. A prisão foi feita por dois policiais, armados com um punhal, que tiveram de pular no mar.

Jackson foi içado pelo helicóptero e levado até a praia, de onde seguiu em uma viatura até a delegacia de Barra Velha. O assaltante apresentava sinais de hipotermia (frio). Interrogado pelos PMs, ele disse que só falaria na presença de um advogado.


Fonte : Diário Catarinense


Comentários Para "Assaltante foge a nado e é preso pelo BAPM/SC"

  • Vitor disse: abril 29, 2010 às 01:58 pm
    Tudo bem, o cara é, ao que se presume, autor de alguma ilicitude. Mas, não seria interessante verificar se o mesmo não poderia ser socializado, após rigorosa avaliação, sem dúvida, para exercer a profissão de salva-vidas. Quem sabe não é ? Avaliem, obrigado ! Vítor Responder

Deixe um comentário

Não serão publicados comentários de autoria anônima.

- Saiba o que é trollagem: Cuidado com os TROLLS !

- Política de moderação: Política de moderação de comentários: sua consciência