Desfile do Batalhão de Aviação da Brigada Militar no “20 de Setembro”

No dia 20 de setembro, data em que o Rio Grande do Sul comemora a Revolução Farroupilha, o Batalhão de Aviação da Brigada Militar participou do desfile comemorativo em Porto Alegre com um efetivo de 5 aeronaves.

Durante o desfile de 20 de setembro realizado em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, o Batalhão de Aviação da Brigada Militar realizou um sobrevoo com suas aeronaves, dentre eles um helicóptero Esquilo com uma bandeira do estado pendurada num cabo. (Foto: Luís André Ribas Werlang / Cavok)

Os Guapos (código de rádio do BAv) “6” PP-EJA (MD500), “8” PP-FRS (Aztec), “9” PP-EHY (Esquilo), “11” PT-YJA (Schweizer) e “16” PT-VJK (Seneca) decolaram às 8h30min do Aeroporto Internacional Salgado Filho (SBPA), em Porto Alegre, para abrilhantar o desfile das unidades da BM gaúcha em terra.

O site Cavok esteve presente no evento através do amigo e colaborador Luís André Ribas Werlang, do site aviacao.art.br. Confiram as imagens a seguir.

A aeronave Guapo "9", o Esquilo PP-EHY da Brigada Militar do RS, sobrevoa o Guaíba durante o desfile de 20 de setembro. (Foto: Luís André Ribas Werlang / Cavok)

O helicóptero Schweizer PT-YJA, Guapo "11", também participou do sobrevoo da Brigada Militar do RS durante o 20 de setembro. (Foto: Luís André Ribas Werlang / Cavok)

A aeronave MD500 PP-EJA, Guapo "6", durante o voo do Batalhão de Aviação da BM-RS no 20 de setembro. (Foto: Luís André Ribas Werlang / Cavok)

As aeronaves Guapo "8" Aztec (PP-FRS) e Guapo "16" Seneca (PT-VJK), na frente do hangar do Batalhão de Aviação da Brigada Militar do RS. (Foto: Luís André Ribas Werlang / Cavok)

O Guapo “9” rumou inicialmente para o Aeroclube de Eldorado do Sul para pendurar um gigantesca bandeira do estado do RS, fortalecendo mais ainda os laços da aviação brigadiana com a cultura e tradição gaúchas.

Durante o desfile de 20 de setembro em Porto Alegre, o Esquilo Guapo 9 sobrevoou a avenida com uma gigante bandeira do estado do Rio Grande do Sul presa por um cabo embaixo do helicóptero. (Foto: Luís André Ribas Werlang / Cavok)

A Avenida Beira-Rio, em Porto Alegre, palco do desfile do 20 de setembro. (Foto: Luís André Ribas Werlang / Cavok)

Sob a coordenação tática do Guapo “11”, em torno de 30 minutos o BAPM efetuou passagens ao longo da Avenida Beira-Rio que foi palco do tradicional desfile realizado anualmente no estado.

Conheça mais o BAPM/RS

Um soldado do Batalhão de Aviação da Brigada Militar observa a bandeira presa pelo cabo embaixo do Esquilo. (Foto: Luís André Ribas Werlang / Cavok)

Quando o Estado encontrava-se em plena revolução rio-grandense em 1923 contra o governo republicano de Borges de Medeiros, o processo de criação da aviação da Brigada Militar foi acelerado devido o pioneirismo do Cel Massot.

Foram comprados dois aviões franceses BREGUET 14 (com motor de 300HP) com o objetivo de observar e fazer o reconhecimento de tropas revolucionárias. Em 30 de maio do mesmo ano, o BM-01 realizou o primeiro vôo tendo com piloto o Alferes Aviador Noemio Ferraz e como observador o Alferes Osório Oliveira Nunes. Este vôo marcou o pioneirismo no estado com a semente da aviação na polícia militar. Devido a um acidente e outros percalços, em 1924 foi desativado o grupo de aviação, deixando um espaço de 66 anos até a sua reativação.

O helicóptero MD500 Guapo 6 prepara-se para decolar durante o 20 de setembro. (Foto: Luís André Ribas Werlang / Cavok)

Em 1985 surgiu o G.U.A.P.O. – Grupamento Aéreo de Policiamento Ostensivo, relacionando o nome do Grupamento com uma expressão típica do linguajar gaúcho, o “guapo”. Neste período no comando dos helicópteros estavam pilotos civis contratados pelo estado, com a Brigada Militar na função restrita a patrulha e orbservação.

A tripulação do helicóptero MD500 da Brigada Militar do Rio Grande do Sul, Cap Júlio, Cap Eduardo e Sd Seminotti. (Foto: Luís André Ribas Werlang / Cavok)

A efetivação uma unidade aero-policial ocorreu através do decreto-lei 33.306 de 23 de setembro de 1989, que criava o Grupamento de Polícia Militar Aéreo – GPMA. Além da oficialização como unidade militar, foram adquiridas novas aeronaves que possibilitaram o pleno funcionamento do Grupamento. A novidade foi o emprego da aeronave Ximango, fato até então singular na aviação policial brasileira.

Parte do efetivo do Batalhão de Aviação da Brigada Militar do RS, que no dia 20 de setembro realizou um sobrevoo durante o tradicional desfile na capital gaúcha. (Foto: Luís André Ribas Werlang / Cavok)

No dia 14 de abril de 2010, a Governadora do Estado, Yeda Rorato Crusius, assinou o decreto 47.176, tranformando o Grupamento de Polícia Militar Aéreo em Batalhão de Aviação da Brigada Militar. Atualmente a estrutura do Batalhão de Aviação é integrada pelo Comandante, Segurança de Vôo, Estado-maior, Esquadrões de Aviação (bases aeropoliciais) e Esquadrão de Transporte (Base de Transporte). As bases estão sediadas em Porto Alegre, Caxias do Sul, Santa Maria e Uruguaiana.

O GPMA atingiu o status de Batalhão de Aviação, assumindo a função de transporte do governo do estado. Desde a sua criação, o BAPM tem atuado de forma ostensiva e ativa em diversos episódios do cotidiano gaúcho, desde a localização de criminosos, salvamento de vidas nas estradas e no mar e missões humanitárias.

A aeronave Esquilo sobrevoa o Guaíba durante o 20 de setembro realizado no Rio Grande do Sul. (Foto: Luís André Ribas Werlang / Cavok)


Fontes: Artigo sobre o GPMA publicado em 2003 no site www.aviacao.art.br e coroneltrindade.blogspot.com
Texto e fotos: Luís André Ribas Werlang – Cavok
Nota do Autor: Agradecimentos ao Ten. Cel. Solon, comandante do BAPM da BM, ao Cap. Schneider e em especial à tripulação do Guapo 6: Cap Júlio, Cap Eduardo e Sd Seminotti.


Comentários Para "Desfile do Batalhão de Aviação da Brigada Militar no “20 de Setembro”"

  • CAP PMPE ROMILDO disse: setembro 24, 2010 às 07:32 am
    PARABÉNS AOS NOBRES GUERREIROS-DO-AR DOS PAMPAS, QUE DEUS CONTINUE A ABENÇOAR VOSSOS VOOS. AO AMIGO JÚLIO, MEUS VOTOS DE ETERNA PROSPERIDADE NA VIDA. OFICIAIS, É O MÍNIMO ... CAP PMP ROMILDO - ASP92. Responder
  • Maj PMBA Lázaro disse: setembro 24, 2010 às 10:08 am
    Aos gaúchos nossas felicitações. Para aqueles que não sabem os baianos devem muito aos gaúchos na formação, desenvolvimento e implementação da nossa avição. Nos resta reconhecer, agradecer e parabenizar aos nossos irmaos do Rio Grande do Sul por sua atençao, portadores de uma historia digna das suas lutas e de cumprimento do dever. PARABENS .. AVANTE GUAPOS..AVIAÇÃO.. MAJ PM LÁZARO Comandante do Grupamento Aéreo da PMBA lazaroraimundo@pm.ba.gov.br Responder
  • TC QOPMDF Ricardo Yamasaki disse: setembro 24, 2010 às 04:28 pm
    Parabéns nobre amigos da BMRS, Tenho a certeza de que o Rio Grande do Sul e sua população das mais diversas cidades desse Estado, podem contar e testemunhar o quão valorosos são os servidores desta unidade aérea, que com seus feitos e possibilidades de os fazerem, já fazem parte do cotidiano da vida desse maravilhoso povo gaúcho. Parabéns mais uma vez nobre aviadores de segurança pública. GUAPO... TC QOPMDF Ricardo Yamasaki Responder
  • MAJ GONÇALVES disse: setembro 24, 2010 às 05:39 pm
    Parabéns aos amigos aviadores de segurança pública da Brigada Militar do Rio Grande do Sul, pelos seus 20 anos de conquistas e vitórias, e vivendo um momento de grande avanço. Parabéns Aviação de Segurança Pública por possuir este grande corpo de aviadores. Maj Gonçalves CONAV - SENASP - MJ Responder
  • ariel rodrigues disse: janeiro 10, 2011 às 10:23 am
    olaa gostaria de saber como fasso pra ser piloto da brigada militar de porto alegre,tenho muita vontade de ser um piloto como eu fasso? eu presto concurso para brigada? gostaria muito de saber se poder me enviar um email explicando,um abraço. ariel, Rio Grande do Sul- Porto Alegre Responder
  • Victor Andrade disse: janeiro 25, 2011 às 08:03 pm
    Ariel, buenas. Para ser um piloto do BAvBM deverás primeiramente prestar Concurso Público para Oficial da Brigada Militar, compulsório o Bel. em Direito, e posteriormente aguardar uma Seletiva Interna (entre Oficiais) que venham a receber o devido treinamento no CFAer (em Capão da Canoa). Se por acaso não tiveres o Bel em Direito, o interessante também é prestar concurso para Soldado (idade máx. 25 anos), e posteriormente pleitear uma transferência ao BAvBM, ou realizar o Curso de Tripulante Operacional, assim que disponibilizado aos Praças. Responder
  • Everton Souza disse: agosto 16, 2011 às 10:05 pm
    Bom eu queria saber se como soldado da brigada eu teria a oportunidade de ser piloto pois estou fazendo o curso do mesmo,tipo se eu tiver as carteiras de pp pc ifr mesmo sendo soldado eu seria piloto ou teria que ser oficial??? abraço Responder
  • Sd PM Seminoti disse: novembro 17, 2011 às 03:30 am
    Ave aviação Brigadiana!!!!! Um grande abraço aos amigos dessa Unidade Honrosa. Responder
  • Sgt. PMPB Procópio disse: maio 28, 2012 às 09:13 pm
    Parabéns aos nobres companheiros Oficiais e Praças da Brigada Militar do Rio Grande do Sul que seus governantes mantenham sempre esse padrão, em quanto nós aqui não temos um helicóptero a pesar de termos ótimos pilotos igual ao Cel Pontes CFO BM/RGS e outros oficiais piloto, mas os nossos governantes só promessa e nada mais. Responder

Deixe um comentário

Não serão publicados comentários de autoria anônima.

- Saiba o que é trollagem: Cuidado com os TROLLS !

- Política de moderação: Política de moderação de comentários: sua consciência