Foi-se o homem, ficou o herói: Delegado Carrasco

Em homenagem aos homens de coragem da Polícia Civil de Goiás publicamos artigo sobre o Del Carrasco postado em 13/10/2011 no site do SINDIPOL – Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de Goiás, por Warlem Sabino:

A maior parte dos objetos na sala do delegado Osvalmir Carrasco Melati Júnior, 38 anos, lembra a aviação, aliás, sendo mais preciso, os helicópteros. São calendários, miniaturas, objetos de decoração e até o pad mouse do computador. Até na hora de entrevista ele está trajando o uniforme da Unidade Aeropolicial da Polícia Civil.

“Minha vida são os helicópteros”, resume. “Desde criança tinha um sonho de voar de helicóptero e hoje me sinto plenamente realizado. Não só voei como também piloto”, emenda Osvalmir, mostrando, no computador, fotos aéreas de operações tiradas já com o novo helicóptero da PC.

Mas chegar a ser comandante de aeronave não foi tarefa fácil. Foi preciso muito estudo, dedicação e escolhas corretas. Quando adolescente tentou ser oficial da Força Aérea Brasileira, mas não conseguiu ser aprovado nas provas. O delegado não se frustrou. Engavetou o sonho e prestou vestibular para Direito.

Foram cinco anos na faculdade no interior de São Paulo. Paralelamente ajudava o pai no açougue da família, em Tupã. Com o diploma em mãos, ficou um ano sem trabalhar, apenas estudando para concursos – já queria ser delegado. As 12 horas por dia com os livros renderam bons resultados: aprovação nos concursos em Goiás, São Paulo e Mato Grosso do Sul – tudo em 1999.

“Eu não sabia para onde ir, mas meu pai me disse para escolher Goiás. Ele falou que o Estado estava em crescimento, que era um bom lugar para morar e que eu teria grandes oportunidades por aqui”, explica. “E foi o que realmente aconteceu. Tive oportunidades aqui na Polícia Civil que talvez não tivesse em nenhum outro lugar. Não me arrependo um minuto de ter escolhido Goiás”, emenda.

E quando fala em oportunidades, foi por meio da Polícia Civil que Osvalmir enfim realizou o sonho de voar de helicóptero – nem esperava mais por uma chance destas. Em 2006, quando o Governo do Estado locou helicópteros para as polícias, ele foi chamado para fazer parte do grupo que ficaria responsável pela aeronave da PC – na época já era coordenador do GT-3.

“Em 2005, quando fui convidado para coordenar o GT-3, tive a chance de fazer vários cursos operacionais na área de segurança pública. Estudei até fora do País. Logo em seguida veio a oportunidade de voar. Não perdi a chance. Fiz o curso de tripulante com a Polícia Rodoviária Federal já de olho na pilotagem.”

O delegado lembra, inclusive, a data exata do primeiro vôo de helicóptero da vida, como passageiro: 26 de julho de 2006. “Nós levantamos vôo da Praça Cívica. Você deixar uma praça voando, no Centro da cidade, vendo as árvores ao seu lado, a cidade crescendo, é uma sensação fascinante, quase indescritível.”

A partir daí viu a paixão florescer de vez. Decidiu que faria tudo o que precisasse para se colocar em condições de operar um helicóptero. Seis meses depois já fez o seu primeiro vôo como aluno piloto. Era um modelo Robinson R44. “Só não foi mais emocionante por causa da apreensão. Você fica muito ansioso por causa da responsabilidade.”

Passada a fase de instruções, hoje o delegado curte a sensação “incrível” de pilotagem. “A mobilidade de um helicóptero é tão fantástica e incrível que chega a ser perigosa. O fato de você poder pousar em qualquer lugar requer muita cautela e responsabilidade”, alerta.

Talvez por isso o delegado ainda não tenha passado por nenhum “perrengue” em vôo. “Você tem de se preparar para não ter problemas em vôo. Estamos começando agora as operações com o novo helicóptero. A aeronave é boa, corresponde bem, mas requer adaptação dos pilotos e tripulantes.”

Sete dias de aventura

Comprados pelo Governo do Estado no ano passado, os helicópteros modelo AW119 Koala, fabricados pela empresa anglo-italiana Agusta Westland, chegaram a Goiás em dezembro. E só foram apresentados no último mês da administração anterior porque vieram voando da Filadélfia (Pensilvânia, EUA) – parar vir de navio poderia demorar mais de um mês.

Osvalmir foi indicado pela Polícia Civil para ajudar a trazer a aeronave da PC – os Bombeiros e a Polícia Militar indicaram um piloto de cada corporação para a viagem. Eles vieram junto aos pilotos da Agusta.

Foram sete dias de viagem, com vôos de no máximo três horas, apenas durante o dia e com tempo bom. Eram pelo menos cinco paradas por dia para reabastecimento, alimentação e descanso. Em parte do trecho passou por cima ou aterrissou em lugares paradisíacos, como Martinica e San Martin, ilhas no Caribe. Mas também viu de perto uma imensidão de água (Oceano Atlântico e Mar do Caribe) e árvores (Floresta Amazônica).

“A gente só via o que estava no meio do caminho, pois não podíamos desviar um minuto, uma vez que o combustível era contado. E quando parávamos, a exceção da hora de dormir, não tínhamos tempo para nada. Era reabastecer a aeronave, levar os documentos à alfândega e decolar novamente.”

Em determinados pontos não havia aeroportos para reabastecimento. Para não ficarem pelo caminho, eles lotavam a parte traseira do helicóptero com galões cheios de querosene de aviação. Paravam no meio do nada com lugar nenhum e reabasteciam as aeronaves sem ao menos desligá-las. “Não podíamos nos arriscar a desligar. Vai que depois não ligava. Íamos pedir socorro aonde?”

Ainda assim, exaurido pelo sobe desce intermitente de sete dias, Osvalmir diz que faria tudo de novo. “Foi uma experiência incrível, destas de guardar para sempre.” E aproveita para agradecer a Polícia Civil. “Não tenho o que reclamar. Todos os cursos, pilotagem e viagens ao exterior foram graças a Polícia Civil. Só tenho que agradecer pelas oportunidades que tive. Sou muito grato à polícia.”

O macacão da unidade Aeropolicial mostra bem a quantidade de cursos que o delegado participou. O uniforme está repleto de insígnias e distintivos.

Motociclismo

Durante a viagem aos Estados Unidos para trazer o helicóptero da PC, Osvalmir realizou outro sonho de consumo: comprar uma jaqueta original Harley-Davidson para combinar com sua nova motocicleta: uma Fat Boy. Aliás, moto é outra paixão do delegado, agora especialista em aventuras.

“Meu pai sempre gostou de motos e herdei dele esta paixão. Desde os 18 anos tive motos e de um ano para cá atingi o ápice: comprei uma Harley”, explica. “E a compra só foi possível porque a marca resolveu reduzir os preços no Brasil”, emenda.

A primeira moto de Osvalmir foi uma Honda Shadow 600 cilindradas. Depois comprou duas Hornet de mesma cilindrada e marca. Hoje tem uma Fat Boy de 1.600 cilindradas.

Carreira

Osvalmir Carrasco entrou para a Polícia Civil em 2000. Sua primeira lotação foi em Quirinópolis, depois seguiu para o Entorno do Distrito Federal. Em 2004 chegou a Deic, em Goiânia, e logo foi designado para o recém-criado GT3. Hoje é coordenador da Unidade Aeropolicial.

Também já participou de operações aéreas com a Força Nacional, como estagiário, em busca de ascensão técnica a comandante – passou de co-piloto para piloto.

Perfil

Nome: Osvalmir Carrasco Melati Júnior.

¤ 02.03.1974
† 08.05.2012

Local de Nascimento: Tupã (SP).
Formação: Direito.
Estado Civil: Casado com Gizely: filhos Luca (7), Heitor (7) e Laura (2).
Ano em que ingressou na Polícia Civil: 2000.
Lotação: Coordenador da Unidade Aeropolicial.
Hobby: Motociclismo.
Livro: Sidarta, de Hermann Hesse.
Filme: O Menino do Pijama Listrado.
Comida preferida: Churrasco.
Time que torce: Corinthians.
Ídolo: Jesus Cristo.
Sonho de consumo: “Realizei com uma Harley-Davidson Fat Boy”

Fonte: SINDEPOL/GO.

58 COMENTÁRIOS

  1. CARRASCO QUE DEUS NA SUA INFINITA BONDADE ACOLHA VOCÊ E QUE VOCÊ POSSA DESFRUTAR DA VIDA ETERNA.

    GERALDA MEIRELES – EX-ALUNA DA UEG DE LUZIÂNIA

  2. CARRASCO,

    Amigo querido, Deus te escolheu para ser GRANDE. Grande filho, grande amigo, grande policial e grande pai. Fazias o que amava…Abraço a seu pai querido, sua avó, sua irmã Daniela e sua esposa Gisely e seus filhos Lucas, Heitor e Laura.

    Abraços

    Antônia.

    Delegada em Tocantins, amiga de quando era Escrivã em Goiás.

  3. A Educação perde um Grande Mestre e um Excelente Policial. Sentiremos Saudades! Que Deus conforte a familia nesse momento Difícil!

    Ex Aluno UEG – Gestão Publica.

  4. Conheci-o recentemente, em meados de 2010, mas foi o suficiente para constatar o seu lado profissional, jeito direto, claro, franco e pró-ativo de tratar qualquer assunto. E o seu lado pessoal, alegre, divertido, espirituoso, “gente muito boa”, como normalmente se resume.
    Uma ótima, breve e já saudosa convivência.
    Fará muita falta.
    Milton Moreno Jr.
    SynerJet

  5. O Delegado Carrasco desembarcou no hangar em que eu trabalhava em 2010. Ele estagiou na unidade aérea do DETRAN-DF nessa época. Acompanhamos de perto sua luta e obstinação em conseguir essas máquinas para GO. Não só conseguir como deixa-las operacionais.

    Durante o nosso convivo, mostrou-se bastante interessado e positivo em relação a aviação de asa rotativa, sempre absorvendo o que há de melhor… nunca conheci alguém que falasse mal ou algo negativo a respeito dessa figura. Era uma grande figura. Vamos todos sentir falta.

    Vai com Deus, meu amigo. Mesmo do outro lado, estamos todos na sua “escuta”.

  6. Que Deus amenize o sofrimento da família do nosso querido amigo Dr. Carrasco. É uma perda não só para os amigos e familiares, mas também para a Aviação de Segurança Pública no Brasil e para o estado de Goiás, o qual deixa de contar com um grande guerreiro.

    Um forte abraço e vá com Deus para o Oriente Eterno.

  7. meus sinceros sentimentos á familia do delegado carrasco e dos demais,eu não os conhecia,mas quero explessar,meus votos de amor a todos os familiares,eles estavam no cumprimento de seus deveres e são sim herois nacionais,que Deus conforte a todos,compartilho desta tristezados familiares e a nação perdeu homens dignos de serem engrandecidos

  8. Tive a honra e prazer de conhecer e voar no Escorpião com o Cmte CARRASCO, em uma operação de Resgate Aéreo, e semanalmente nos encontávamos no plantão e com freqüência almoçávamos juntos, onde ele contava a sua história de sucesso e lutas pela Aviação Policial, sempre zeloso pela segurança aérea e muito experiente e seguro no comando do Escorpião e por vezes no comando do Bombeiro 01, sempre fica marcado na minha mente como uma destas pessoas que entram na vida da gente para deixar uma marca indelével de honradez e proficiência, minhas preces por todos os que não conheci tão bem como o COMANDANTE CARRASCO e que foram parte desta tragédia da aviação de Goiás todos os policiais que pereceram no cumprimento de suas missões.
    Ficam aqui os votos de pesames aos familiares destes verdadeiros HOMENS de bem.

  9. Seu sonho era voar, Deus te deu a oportunidade! voe, voe alto… vá ao encontro de quem te deu a oportunidade !
    Suas lembranças serão eternas.
    Voce despediu de nós, fazendo o que mais gostava. Descanse em Paz.

  10. Grande amigo e companheiro Osvalmir Carrasco, grandes recordações principalmente na fonia quando eu estava voando e escutava escorpião zero uno já me pronunciava ô Cmte Carrasco e o mesmo respondia ô Galeguinho bom voo. Da mesma forma quando conversávamos através do telefone era o prazo de atender a minha ligação já logo pronunciava: Fala Galeguinho! Foi assim através de grandes lembranças que Deus chamou nosso amigo e guerreiro prá pilotar agora do outro lado do universo mediante a paz e descanso espiritual. Um grande abraço.
    Cmte Rafael Galeigo
    Instrutor de Voo

  11. Aos familiares do meu amigo Del. Carrasco, meus mais sinceros sentimentos! Nos últimos três anos posso dizer que tivemos o privilégio de conviver com um profissional maravilhoso e apaixonado pela sua careira. Nós da Coordenação de Seguros PROTEGE/SEFAZ, ficaremos com seu o grande exemplo de correção,contagiante entusiasmo e as muitas saudades!!! Da maneira peculiar com que o amigo sempre nos atendia em seu celular, nos despedimos do amigo…”NA ESCUTA!” e então PROSSIGA, AMIGO! Oramos para que o Espírito Santo de Deus Pai nosso Consolador alcance o coração em especial de sua esposa e filhos.

  12. AOS FAMILIARES E AMIGOS DO DELEGADO CARRASCO, HEROIS NAO MORREM SE MUNDAM PARA OUTRA DIMENÇAO E SE TORNAM ANJOS DO NOSSO AMADO PAPAI CELESTIAL, E CONTINUARA FASENDO O BEM PARA AQUELES QUE AMOU TANTO E!!!

  13. QUERIDOS A DOR E MUITO GRANDE MAS ENTENDAM O SONHO DELE ELE CONCRETISOU COM TODA DIGNIDADEDE UM HEROI DELEGADO CARRASCO DESCANCE EM PAZ!!!

  14. Conheci Oswalmir Carrasco em meu ambiente de trabalho. Ele foi aluno da turma de inglês na empresa onde trabalhei (CNA Goiânia). A convivência foi curta, mas suficiente para ver nele um homem de bem, com um belo sorriso, apaixonado pelo que fazia, e com sonhos a realizar. É uma perda e tanto! Eu sinto muito, mesmo sendo apenas uma conhecida distante. Sinto profundamente por sua morte. E oro para que sua esposa e filhos sejam consolados por Deus, o único capaz de preencher o vazio e a falta que fica nos corações, ainda que a saudade permaneça pra sempre. Oswalmir Carrasco Melati Júnior, um nome que com certeza, não poderia passar desapercebido. Não foi apenas mais um, foi especial! Ny

  15. Que Deus te receba de braços abertos meu amigo e Ele com sua infinita bondade conforte seus familiares e aqueles que tiveram a oportunidade de conhecer vc.
    Vai fazer falta nas pescarias.

    Robson
    Amigo desde que chegou em Goiás lá em Quirinópolis…

  16. Descanse em paz, Comandante.

    Nós, que ainda estamos por aqui, vamos continuar seu trabalho nas operações aéreas de segurança pública para que a sua vida, e a dos demais colegas, não tenham sido em vão!

    Que Deus te guarde.

    Cmte Rodrigo Duton – MAJ PMERJ
    SENASP

  17. Com muita tristeza recebo a notícia de um sobrinho neto que morre de forma tão precoce. Ao pai, irmã e filhos abraços carinhosos, que Deus o tenha em sua glória.

  18. Conheci a GT3 e o Dr. Carrasco em 2008, durante treinamento de gerenciamento de Crises da corporação. Na época eu estudava Teatro na UFG, e ele, com grande visão, nos convocou para participar do processo. Um homem esplendido, com grande sabedoria, humano ao extremo e que me ensinou muitas coisas em pouco tempo. Que ele esteja em paz, e que mesmo ausente em corpo, continue sendo exemplo para a corporação e para a família que deixa.

  19. Tenha certeza comandante que todos nós pilotos estamos muito triste com a sua partida. Peço a Deus e aos anjos que receba você e os demais policiais que tombaram no cumprimento da missão. Agora você está com o Pai! Descanse em paz camarada.

    Maj Inf Glaidson S. Penha – Taubaté – SP

  20. As perdas de vidas na aviação policial trazem profundo pesar e reflexão.
    Que Deus possa consolar os familiares, por certo ao encontrar o criador o amigo terá pesado ser o Del Carrasco um homem honrado e dedicado ao serviço policial.
    Vá em Paz!

  21. Que grande perda!!! Geralda você lembra dos momentos bons que passamos juntos?!!Pois é…estamos todos triste, mas que o ídolo dele nosso Senhor Jesus Cristo o tenha acolhido e que Deus conforte a sua família.

    Ediane,
    Ex-aluna da UEG de Luziânia-GO.

  22. Carrasco apezar de ser sua prima e não ter conhecido pessoalmente mas sempre soube coisas boas de vc,Deus preparou um otimo lugar para vc bem pertinho dele da sua vó Lurdes e de sua mãe, nós aqui perdemos um grande homem, um grande profissional, mas Deus sabe oque faz e muita força para familia

  23. Tive a oportunidade de conhece-lo na época de colegial, em Tupã. Ele era uma figura, muito gente boa.
    Vá em paz e que Deus abençoe seus familiares.

    Sergio R Almeida – amigo de colegial em Tupã

  24. uma perca muito imensurável… grande ser humano e companheiro… muito receptivo…. uma pessoa do bem. Que DEUS o tenha… saudades…

  25. Cmt Carrasco, tive a oportunidade de conhece-lo em Brasilia em 2010, numa reunião do CONAV e depois fizemos o EGAP no CENIPA em 2011, vá com Deus, meu amigo, vc sempre será lembrado por todos da Aviação de Segurança Pública. que o senhor Jesus, dê forças aos seus familiares.

  26. Tive o privilegio de ser Tripulante Operacional na Unidade Aerea cujo Coordenador era o Cmte Carrasco. Era um homem tatico, muito disciplinado e de espirito dinamico. Cativava a todos com sua espontaneidade. Estava colhendo os frutos de arduo e longo trabalho consolidando a Unidade Aerea da Policia Civil de Goias.
    Tanto ele (Carrasco) como o Cmte Bruno que faleceu no mesmo acidente, devem estar fortemente amparados no plano espiritual, pois que aqui, so espalharam coisas boas.

  27. Tive a oportunidade de conhecer o Del. Carrasco durante o curso do Koala em Goiania.
    O seu depoimento nos revela um homem que traçou um objetivo e que de um jeito ou de outro alcançou esse objetivo, isso chama-se perseverança e determinação, exemplo de um homem lutador.
    Deixo meu carinho a toda a família.

  28. Toda a perda é sentida. Porém, a perda é muita maior quando a pessoa que parte faz a diferença na sua área de atuação. É o caso do Comandante Carrasco. Para mim ainda é difícil escreveu no tempo passado. Pois, o Delegado Carrasco sempre esteve pronto para esclarecer as nossas dúvidas sobre a aviação policial, seja no aspecto da doutrina, da segurança de voo, da manutenção, dos convênios, cursos, licitações, EPIs e tudo o que envolve uma unidade que está em formação, fosse por telefone ou e-mail. A distância nos privou de um convívio mais próximo. Acredito que, para o Carrasco e seus familiares, é importante que os que ficaram sigam o caminho por ele já foi iniciado. A sua dedicação, perseverança e persistência deixam marca histórica na Polícia Civil de Goiás. “Sonhar não custa nada.”
    Descanse em paz Comandante!

  29. POUCO DE CONHECI. E EM POUCO TEMPO TE ADMIREI. QUE O TEMPO POSSA CONFORTAR OS TEUS MAIS PRÓXIMOS.
    ORAÇÃO DO AVIADOR . Pai celestial,Agradeço-te por esse ar que enche os meus pulmões,E me traz vida, me enche de sonhos…Louvo-te a cada dia, pois amo esse céu onde me perco,Onde sou um Deus não tão grande como Ti,Mas com visão tão ampla e alma tão nobre,Quanto é possível a nós humanos.Diferencio-me dos Teus demais filhos, pois vôo com as águias;Porém, é por eles que estou disposto a dar minha vida,LUTAR ENTRE A PAZ DAS NUVENS E quando,Ou por ignorância do homem ou por providência divina,A guerra surgir e o dever me chamar,Lutarei com bravura e confiança.MEU DEUS Tu bens sabes que é meu senhor!Porém não escondo de ti meu motivo de viver,Amo a máquina que me sustenta,Que comigo vence a gravidade.Minha companheira que me traz emoções,Só conhecidas por minha gente:Resgatar um ferido em lugares impossíveis,Sentir o cheiro da pólvora da bomba lançada,Vibrar ao alcançar os céus que só pertencem aos pássaros.Amo meu Helicoptero como a mim mesmo,E peço teu perdão se sou um tolo,Ao adorar o que me faz feliz…Peço tua proteção mais uma vez,“ REI DO UNIVERSO´´Pois abracei o intocável:Tenho a missão de proteger os ares Pátrios Infindáveis, dos inimigos, que como eu, voam,MINHAS ARMAS NÃO SÃO MUITAS Somente meu helicoptero, minha coragem MAS NÃO TEMO A MORTE E se um dia meu Helicoptero cair,E minha vida na dura rocha se esvair IREI CONSTANTE.Fiz o que quis, lutei como sei,E acima de tudo,VENCI Pois um dia VOEI…

  30. Agradeço a Deus por ter me concedido o privilegio de ser o pai de Osvalmir Carrasco, sofro com sua ausência, mas Deus preferiu assim.
    A todos aqueles que sentem orgulho de ter participado de sua vida, agradeço as manifestações de apreço, rogando ao nosso Criador que nos dê forças para amenizar a dor.
    A família Carrasco estende os sentimentos aos familiares dos que com ele cumpriam a missão.

    Obrigado
    Osvamir Carrasco Melati

  31. Amigo, instrutor, grande profissional, camarada, inteligente, alegre, responsável, Comandante, essas são algumas nas inúmeras qualidades deste amigo que agora está descansando com o Senhor. Mas aqui neste mundo não deixaremos que manchem estas qualidades, pois agora é muito fácil especularem com seu nome. Aqui estamos para honrar o que deixaste nesta terra.

    vá em paz e olhe por nós.

    Alberto.

  32. Diferente dos que pretensamente avaliam os pilotos como sendo de uma classe diferente de seres humanos o Carrasco sempre foi esteve nos dois universos e por isso sentiremos muito sua falta.

    Olhe por nós amigo!

  33. Delegado Carrasco, quero agradecer por tudo que o senhor fez pelos Tripulantes Operacionais do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás, inclusive executando missões de resgate e instruções diversas. Também tive a honra de voar com o Senhor e com o Delegado Bruno, por sinal, excelentes pilotos. Que o senhor fique com Deus, e guie nossos voos.
    Grande abraço.
    ST PERES – Tripulante Operacional do CBMGO

  34. Grande amigo Dr. Carrasco

    Meu coração transborda de dor e luto, mas busco a resignação na sabedoria e vontade de DEUS.
    O sr. foi eleito para chegar antes de mim no mundo maior. Já nao posso mais abraçar-te como fazia, receba meu carinho através da prece. Esteja com DEUS
    Maj Hofmann

  35. Dr. Carrasco,

    Amigo, líder, parceiro, instrutor, homem de honra, homem determinado que um dia sonhou construir um serviço aéreo e por isto lutou muito, de forma digna e limpa superou obstáculos e concretizou ou seu sonho,ajudando-nos a concretizar o nosso. Com certeza amigo, muito lhe devemos, e jamais esqueceremos de teu legado, pois aqueles que realmente te conhecerão são testemunhas de tua nobreza de coração, de homem de bem, de pai de família dedicado e querido. Que Deus continue iluminando seus caminhos hoje e sempre amigo, e esteja certo de que teu sonho não foi em vão. Obrigado!!!!

    Amigo Bruno,
    Simples, humilde e sempre consciente de suas ações, obrigado por sua companhia, pelo prazer de voarmos juntos. Que Deus também guie seus passo amigo, hoje e sempre.

    1º Ten Igor A. Alves
    COASA / CBMGO

  36. Voem o mais alto que puderem Escorpiões e olhem por nós lá de cima, a batalha em prol do bem não será mais a mesma sem os seus esforços!

    Aos Escorpiões 01 e 02 a nossa homenagem!

    “Tático, Escorpião, Brasil!”

    Rodrigo Orro
    Agente de Polícia / Equipe Alfa-GT3
    PCGO

  37. AMIGO, IRMÃO, CONSELHEIRO,PARCEIRO,……., DELEGADO. ASSIM ERA O COMANDANTE CARRASCO QUE TIVE A HONRA DE TRABALHAR COMO TRIPULANTE E MECÂNICO DE AERONAVES. QUE DEUS NOS CONFORTE E NOS DÊ A OPORTUNIDADE DE ENSINAR TUDO O QUE APRENDEMOS COM O ESCORPIÃO ZERO UM. SÓ BENÇÃOS PRA VOCÊ IRMÃO!

    TÉCNICO EM MANUTENÇÃO AERONÁUTICA
    AGENTE PCGO ROMULO ROSA

  38. Este herói era meu irmão… um irmão como poucos… um amigo, companheiro, parceiro… que em todos momentos difíceis da nossa vida ele estava ao meu lado… estou sentindo tanta saudade dele…não consigo acreditar…Ju… sempre vou te amar…..

  39. Quero agradecer todas as mensagens lindas postadas nesse momento tão doido.

    Deus nos deu um presente durante anos de nossas vidas. Ele trouxe ao mundo um de seus filhos mais amados. Carrasco foi um anjo na vida de muitos aqui presentes. Na minha vida, como esposa, foi o maior dos presentes. Meu homem, meu conforto, minha fortaleza.
    Durante toda a sua existência, teve como lema: o Trabalho, a Honra e a Honestidade. Dedicou todos os seus atos para o bem estar dos seus e do próximo. Pela sua operosidade, pelo seu amor purificado e pela sua fé cristã, Deus chamou-o para o seu reino, dando-lhe como recompensa um lugar entre os Justos.
    Um anjo tem e precisa ficar perto de Deus. Mas enquanto esteve aqui na terra, soube amar, ser carinhoso, ser pai, guerreiro, lutador, honesto, digno,… . Saudade será grande, e grande também o orgulho te ter conhecido um verdadeiro filho de Deus. Um ser humano amigo, fiel, brincalhão. Neste momento deve está tirando sorrisos de outros anjos no céu. Temos hoje, orgulho do homem que nos deixa. Obrigado meu Deus por ter nos deixado viver ao lado do Carrasco… muito obrigado.
    Dai-lhe, Senhor, em felicidade no Céu, o que ele nos deu em ternura na terra.

    Esposa Cmte CARRASCO

  40. Tenho o orgulho de dizer que trabalhei nos ultimos 2 anos de minha vida ao lado de um profissional tão dedicado e tão justo. O Carrasco sempre procurou estreitar a relação com seus companheiros de trabalho. Enfrentamos muitas dificuldades desde o início da criação da Unidade Aérea da Polícia Civil de Goiás, no entanto ele nunca se exaltou, sempre coerente com o que dizia. O Del. Bruno também era muito dedicado ao trabalho. Enfim, agradeço a Deus, por fazer parte da história destes heróis.

  41. Estudei com Osvalmir Carrasco na Faculdade de Direito de Tupã-SP, éramos da mesma turma, 1994 a 1997, e gostaria de ressaltar a pessoa excelente que era. Diante dessa triste notícia, que Jesus ilumine e conforte a família. Meus sinceros sentimentos.

  42. Deus tem seus propósitos e planos. Com certeza estarás voando em outros céus. Deus ilumine tua alma. Que fique o grande exemplo do ser humano.

  43. Lembro-me que durante a aula de direito administrativo, o professor Carrasco passou um exercício valendo pontos e por coincidência eu fui o único a acertar a resposta. Ainda não caiu a ficha que vc se foi tão precocemente. Que Deus ampare a tua família.

  44. Osvalmir foi meu padrinho de casamento em Tupã, quero deixar aqui uma mensagem a esse meu amigo heroi.
    vc meu amigo foi uma pessoa que lutou muito na vida,teve muita força e motivação!!!!!! E O QUE É UMA MOTIVAÇÃO? é a força da perseverança. O perseverante é aquele que nunca desiste, mas sempre persiste,e procura fazer e colocar tudo que é de primeira necessidade em “ordem”, para depois, fazer as coisas de menos importancia …… QUE DEUS A TENHA A UM BOM LUGAR VC MERECE….. HEROI !!!!!!!

  45. Carrasco sempre foi um exemplo de dedicação para nós, colegas delegados da Polícia Civil de Goiás. Brilhou muito no comando do GT3. Quando passou a voar, mostrava-se sempre apaixonado pelas asas rotativas (helicóptero).
    Eu e ele compartilhamos outra paixão, o motociclismo, e algumas vezes pilotamos juntos, viajando por perto de Goiânia.
    Será sempre lembrado como um homem íntegro, dedicado e apaixonado pela família e pelo trabalho.

Deixe uma resposta

- Saiba o que é trollagem: Cuidado com os TROLLS !

- Política de moderação: Política de moderação de comentários: sua consciência

Os comentários não representam a opinião do Piloto Policial. Os comentários são de responsabilidade dos respectivos autores.

Comentários

comentários