O armamento empregado no tiro embarcado em helicópteros da Brigada Militar

MARCOS MARQUES TEIXEIRA – Cap QOEM
3° Esquadrão de Aviação da Brigada Militar

Artigo Científico do Curso Avançado de Administração Policial Militar da Academia de Polícia Militar da Brigada Militar do Rio Grande do Sul. Requisito obrigatório à conclusão do referido curso.

A questão-problema cinge-se na necessidade de buscar a uniformidade da arma portátil empregada no tiro embarcado em helicópteros da Brigada Militar.

A hipótese para a resposta do problema é a compreensão dos benefícios que a definição de um armamento pode trazer na qualidade do tiro embarcado e principalmente na diminuição dos riscos de incidentes ou acidentes, quando for necessário efetuar o disparo de arma de fogo do interior do helicóptero.

usoarmamento

Os seguintes objetivos específicos: descrever as armas empregadas atualmente no tiro embarcado nos helicópteros da Brigada Militar; demonstrando as dificuldades atuais e a melhoria que trará ao ambiente operacional o emprego de apenas um modelo de armamento; levantar dados sobre o armamento empregado no tiro embarcado em outras policias, através de pesquisa documental e a partir de questionário aplicado aos profissionais ligados a esta atividade.

O método utilizado foi da escala de opiniões, com questões aos pilotos e tripulantes operacionais. Conclui-se que os fuzis de assalto da HK nas versões 416 e 417, que são idênticos no mecanismo de funcionamento (mesma plataforma de manejo), são adequados à uniformização no emprego ao tiro embarcado em helicópteros da Brigada Militar.

Clique e leia o artigo completo:

Deixe uma resposta

- Saiba o que é trollagem: Cuidado com os TROLLS !

- Política de moderação: Política de moderação de comentários: sua consciência

Os comentários não representam a opinião do Piloto Policial. Os comentários são de responsabilidade dos respectivos autores.

Comentários

comentários