Polícia britânica cria setor que usará drones para combater crimes

A polícia britânica vai expandir o uso de drones no combate a crimes dentro o país e, para isso, vai montar uma divisão especializada em recolher informações e imagens a partir dos veículos aéreos não tripulados. Os testes com a nova ferramenta devem durar seis meses, segundo o diário “Telegraph”.

Testes com drones na polícia britânica devem durar seis meses - Reprodução/Twitter
Testes com drones na polícia britânica devem durar seis meses – Reprodução/Twitter

As forças policiais das cidades de Devon e Cornwall planejam o sobrevoo a cenas de crime, buscas por pessoas desaparecidas a perseguições de suspeitos, tudo feito com drones. A iniciativa, no entanto, alerta para a invasão de privacidade e para a possível redução dos quadros de agentes, cujas funções seriam substituídas pelos drones. A divisão nega que haja um planejamento para cortes de pessoal.

A polícia começou a testar dispositivos aéreos não tripulados em novembro de 2015, adquirindo quatro drones DJI Inspire 1 equipados com câmeras de alta definição.

O chefe do Conselho Nacional dos Chefes de Polícia, Steve Barry, se mostrou favorável à inclusão da tecnologia na atuação policial, principalmente por significar menos custo em relação ao uso de helicópteros. Os drones já são utilizados no país para monitorar incêndios e potenciais focos de briga entre torcedores durante jogos de futebol.

O drone será operado em nove estações através dos três condados (Foto David Rogers/Getty Images)
O drone será operado em nove estações através dos três condados (Foto David Rogers/Getty Images)

“Usar um drone para capturar imagens estáticas ou de vídeo em terrenos difíceis e áreas de difícil alcance, como falésias e florestas, para encontrar uma pessoa desaparecida, combater o crime contra a vida selvagem, ou mesmo para atuar durante um incidente com armas de fogo, permitirá aos oficiais que obtenham informações vitais, de forma rápida e segura. Isso nos permitirá também dar uma resposta efetiva no local da ocorrência”, explicou o inspetor Andy Hamilton à mídia britânica no começo dos testes.

sgo93I-DOs dispositivos foram usados pela primeira vez na busca de uma mulher desaparecida, em coordenação com cães policiais e membros de um grupo local de resgate. Em maio de 2016 metade das forças policiais do Reino Unido estavam usando aviões não tripulados ou planejavam fazê-lo.

Enquanto isso, dois terços dos serviços de incêndio também estavam usando dispositivos aéreos não tripulados, que foram creditados com salvar a vida dos trabalhadores de emergência.

Fonte: Sky NewsO Globo e PoliceDrones

Deixe uma resposta

- Saiba o que é trollagem: Cuidado com os TROLLS !

- Política de moderação: Política de moderação de comentários: sua consciência

Os comentários não representam a opinião do Piloto Policial. Os comentários são de responsabilidade dos respectivos autores.

Comentários

comentários