Btl RpAer/PMMG realiza o primeiro Curso Teório IFR

Anúncio

Belo Horizonte – No período de 16 a 30 de setembro de 2010, na sede do Btl RpAer (Batalhão de Radiopatrulhamento Aéreo da Polícia Militar de Minas Gerais), foi realizado o primeiro curso teórico de Vôo por Instrumento (IFR) para os Comandantes de Aeronaves da unidade.

O curso IFR foi realizado com a carga-horária de 70 (setenta) tempos divididos entre as disciplinas de Navegação Aérea, Regulamento de Tráfego Aéreo e Segurança de Vôo.

Além dos dez pilotos do Btl RpAer, houve a participação de mais três Oficiais, Comandantes de Aeronave, sendo dois do Batalhão de Operações Aéreas do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerias e um do Corpo de Bombeiros Militar do Rio de Janeiro que, atualmente, apóia a Força Nacional de Segurança Pública.

O presente curso é uma aspiração antiga dos pilotos do Btl RpAer e visa aprimorar a capacidade técnica da equipe para o melhor atendimento às demandas operacionais, e ainda, traduz a preocupação da Polícia Militar de Minas Gerais com o constante aprimoramento do seu corpo de pilotos, para a elevação da Segurança Operacional –  pilar fundamental da aviação.


Fonte: Por Marcos Vander Ramos, Btl RpAer/PMMG.


3 COMENTÁRIOS

  1. PARABÉNS AOS CONCLUINTES DO CURSO TEÓRICO DE IFR.
    A CAPACITAÇÃO DEVE SER SEMPRE O “NORTE” A SER SEGUIDO.
    QUE DEUS CONTINUE A ILUMINAR VOSSOS VÔOS.
    CAP PMPE ROMILDO – ASP92.

  2. Gostaria de cumprimentar o BtlRpAer na pessoa do Sr Ten Cel Laércio dos Reis Gomes, pela oportunidade aberta ao CBMMG durante a participação de dois oficiais no presente Curso. Sabemos da importância do nosso aprimoramento constante e estamos certos que o conhecimento adquirido no curso será de grande valia para o crescimento de nossa unidade. Bons voos!

    Cap Farley

Deixe uma resposta para Farley Rocha Soares, Cap CBMMG Cancelar resposta

- Saiba o que é trollagem: Cuidado com os TROLLS !

- Política de moderação: Política de moderação de comentários: sua consciência

Os comentários não representam a opinião do Piloto Policial. Os comentários são de responsabilidade dos respectivos autores.

Comentários

comentários