Curso de Formação de Pilotos – Bell 412EP – Dallas/Fort Worth -Texas – USA

Anúncio

Com a aquisição da aeronave, tipo helicóptero BELL-412 EP, O Departamento de Polícia Rodoviária Federal, através da Coordenação de Ensino-COEN, em constante busca da capacitação e especialização dos seus servidores, passa, a partir deste ano de 2010, a oferecer o 1º Curso de Formação de Piloto na aeronave Bell-412 EP, visando o implemento do quadro de pilotos especializados para este tipo de aeronave da Divisão de Operações Aéreas da Coordenação-Geral de Operações.

Junto com a compra da aeronave foi disponibilizado, pelo Departamento, quatro vagas para a Formação de Piloto de BELL-412 EP, a seleção, de caráter interno e na forma de análise curricular, ocorreu entre o grupo de Pilotos Operacionais de BELL-407 da DOA, tendo como parâmetros antiguidade na Divisão, horas de vôo em comando, experiência operacional e disponibilidade de transferência para DOA em Brasília/DF.

No processo seletivo foram classificados e convocados, para o Curso de Formação de Piloto da aeronave BELL-412 EP, os Policiais Rodoviários Federais, integrantes do quadro de Pilotos Operacionais da DOA, Cmte. Múcio de Arruda Alves, Cmte. Carlos Eduardo Silva das Neves, Cmte. Nedes Aragão de Araújo, todos lotados na DOA/CGO em Brasília/DF e o Cmte. Ivo Cavalcante Bem Júnior, lotado na DOA-NE em Recife-PE.

O deslocamento de ida ocorreu nos dias 29 e 30/05/2010, com partida de Brasília/DF para São Paulo/SP-Guarulhos para os Cmte’s Múcio, Eduardo e Araújo e de Recife/PE para São Paulo/SP-Guarulhos para o Cmte Bem Júnior, todos em aeronave comercial pela TAM. A partir de São Paulo/SP-Guarulhos o grupo embarcou para cidade de Dallas/Fort Worth – Texas – USA, com conexão na cidade de Miami/Florida/USA, em aeronave comercial pela American Airlines.

O curso de formação ocorreu no período de 31/05 a 25/06/2010, sendo este dividido em três etapas, Ground School BELL-412 EP (conhecimentos teóricos da aeronave), Full Flight Simulation – 3FFS (simulador de vôo) e 412 Flight Procedures Training Course (procedimentos de vôo). As duas primeiras etapas foram realizadas nas dependências da FlightSafety International, localizada na Bell Leaming Center na cidade de Fort Worth – Texas e a terceira etapa na Bell Training Academy, localizada em Fort Worth Alliance Airport.

Ground School BELL-412 EP – Etapa realizada no período de 01/06 a 06/06/2010, ministrada em lingua portuguesa e espanhola, em sala de aula e simulador de vôo, instrutores Ricardo Schwartz e William Reavis. O material didático tipo Flight Manual, Pilot Training Manual, Pilot Checklist e impressos contendo painel de instrumentos e sistemas foi disponibilizado na abertura e matrícula. As aulas do tipo expositivas, utilizando os recursos de multimídia, apresentou a aeronave BELL-412 EP, com suas generalidades, sistemas, controles de vôo, procedimentos normais e de emergência, peso e balanceamento, avionicos e apêndix. O encerramento desta etapa ocorreu com a realização de prova escrita do conteúdo apresentado e, por fim, a integração dos sistemas e controles de vôo, desenvolvida no simulador.

 

Full Flight Simulation – 3FFS – Este treinamento é preconizado no programa de treinamento do fabricante da aeronave, o equipamento utilizado tem qualificação “D” validado pela ANAC e foi aprovado como treinamento pelo DPRF. O treinamento foi realizado no período de 07/06 a 12/06/2010, sobe a supervisão dos instrutores Ricardo Schwartz e William Reavis. Foram demostrados, executados e treinados os procedimentos normais, panes e mau funcionamentos durante as etapas do vôo. Neste trinamento os alunos tiveram a oportunidade de treinar os procedimentos nas posições de 1P (piloto em comando) como na posição de 2P (co-piloto), foram realizados 06 (seis) vôos com duração de 03 (três) horas cada, mais briefing e debriefing, perfazendo um total de 18 (dezoito) horas de vôo e carga horária de 27 (vinte e sete) horas. Ao final a FlightSafety emitiu e enviou o certificado de conclusão, referente aos dois treinamentos para o Departamento.

412 Flight Procedures Training Course – Realizado entre os dias 08/06 e 25/05/2010 com o objetivo de conhecimento, ambientação e adaptação ao vôo na aeronave BELL-412 EP. Sob a coordenação do Instrutor/Cmte. Ric Fornes, a instrução foi dividida em duas etapas: Instruções de solo e Instruções de vôo. A instrução de solo teve inicio em sala de briefing, com apresentação de CRM e exposição de procedimentos de segurança de vôo, adotados pela Bell Academy, na seqüência a familiarização com a aeronave BELL-412 EP, desenvolvida no hangar de instrução de manutenção de aeronaves da Bell Academy, ocasião onde foi possível observar e reconhecer todos os sistemas e componentes da aeronave de forma minuciosa, na seqüência verificação do aprendizado com a realização do pré-vôo na aeronave, no final do treinamento de solo, ocorreu a demostração dos procedimentos de vôo em simulador estático.

Com a conclusão da etapa de solo, teve inicio a adaptação em vôo ao equipamento BELL-412 EP, foi cumprido cronograma com 05 (cinco) horas de vôo, na aeronave do Departamento, sob a orientação dos instrutores da Bell Academy, neste foram executados os procedimentos de pré-vôo, manobras normais, procedimentos de emergências e manobras operacionais. Ao final foi emitido ficha de informação de vôo e certificado de conclusão do curso.

O deslocamento de retorno ocorreu nos dias 26 e 27/06/2010, com partida de Dallas/Fort Worth – Texas – USA para São Paulo/SP-Guarulhos, em aeronave comercial pela American Airlines, em seguida os Cmte’s Múcio, Eduardo e Araújo seguiram para Brasília/DF e o Cmte Bem Júnior para Recife/PE, todos em aeronave comercial pela TAM.


Relato da Viagem de Capacitação: Ivo Cavalcanti Bem Junior – ANAC 957498 – DOA/DPRF.

Créditos: Divisão de Operações Aéreas – DPRF, via Blog Aviação DPRF – Brasil


11 COMENTÁRIOS

  1. PARABÉNS IRMÃOS-DO-AR PELA CONQUISTA, TANTO DO LADO INSTITUCIONAL, QUANTO PELO LADO PESSOAL.
    A AVIAÇÃO DE SEURANÇA PÚBLICA E DE DEFESA CIVIL DO BRASIL ESTÁ EM FESTA !!!
    AO AMIGO BEM JÚNIOR, FAÇO VOTOS QUE NOSSO BOM DEUS CONTINUE ILUMINANDO VOSSOS VOOS POR NOSSO ESTADO.
    VOEM SIPAER.
    CAP PMPE ROMILDO.

  2. AS POLICIAS BRASILEIRAS DEVERIAM USAR EC 145 MUITO POTENTE GRANDE E ABRE CARENAGENS PARA ENTRAR DUAS MACAS ATRAS AS POLICIAIS NOS USA ESTAO OPTANDO POR ESSA AERONAVE COM GRANDE CAPACIDADE OPERACIONAL E SILENCIOSO PARA SERVIÇO POLICIAL E AGIL EM OPERAÇAO POLICIAL ! MAS NO CASO DA PRF QUE TRABALHA EM RODOVIAIS SOB SUA JURISDIÇAO EM FRONTERIAS DEVE SER UMA BOA AERONAVE !

  3. Parabens ao Inspetor Mucio e aos colegas Bem Junior, Araujo e Eduardo pela nova e nobre missao de conduzir a PRF a aviacao biturbina e por IFR na aviacao de seguranca publica. Espero que sejam desenvolvidos os melhores trabalhos prestados pela PRF com essa nova aeronave, a qual tive a grata satisfacao de colaborar em mais um passo da aviacao na nossa gloriosa PRF.
    Bons voos.

  4. Prezado Cláudio, o EC 145 é um helicóptero da linha da Eurocopter, recém adquirida pelo estado do MA para a Segurança Pública, com previsão de entrega para Dez de 2010. Parabéns aos companheiros da DOA – DPRF pela recente aquisição e sucesso na operação desta nova aeronave. Parabéns a Aviação de Segurança Pública pela crescente evolução e notável profissionalismo.

    Maj Gonçalves
    Conselho Nacional de Aviação de Segurnça Pública
    SENASP-MJ

  5. O SENASP DEVERIA AJUDAR MAIS OS ESTADOS POIS VI ENTREGAREM UNS SCHAWEIZER 300 C PARA AS POLICIAS ESTADUAIS OS ESTADOS COMO RGS QUE TEM FRONTEIRA COM ARGENTINA URUGUAY IMENSA FRONTEIRA NAO VI O SENASP ENTREGAR UMA AERONAVE DE PORTE PARA FRONTEIRA FICA AQUI UM DICA E NAO CRITICA!!

  6. Ok caro Luis,

    A SENASP nestes últimos 2 anos entregou aos estados recursos necessários para a compra de 32 aeronaves, destas 32, foi entregue para RS ( Multimissão ), além dos Shweizers 300 C ao PR ( Multimissão ), ao estado de SC ( Multimissão ), ao MS ( Multimissão ), ao MT ( 02 multimissão ), ao AC ( Multimissão já entregue ), ao AM ( Multiissão já entregue ) e ao PA ( Multimissão já entregue ), ou seja, somente para a fronteira foram entregues 03 helicópteros multimissão e 05 para serem entregues até DEZ de 2010. Além disso, existe o módulo de aviação do PEFRON ( Policiamento de Fronteiras )que tem a previsão de aeronaves de asa rotativa e fixa para os estados de fronteira. Então estamos trabalhando, através do Conselho Nacional de Aviação de Segurança Pùblica, procurando atender uma demanda reprimida de 20 anos de esquecimento nesta atividade, mas as coisas na Aviação são lentas, pois só para entregar uma aeronave são necessários no mínimo 12 meses para a entrega no estado. Os dois Shweizer do RS foi adquiridos somente para formação de pessoal e não para o radiopatrulhamento, em convênio com a SENASP. Além disso tudo, criamos a Primeira Base Aérea de Fronteira na cidade de Ponta Porã – MS, que sediará as aeronaves empregadas na fronteira da Força Nacional, dos estados próximos ( SC, MT, MS ) e mais da PF e da PRF.

    Um abraço

    Maj Gonçalves
    Conselho Nacional de Aviação de Segurança Pública
    SENASP-MJ

  7. Obrigado Major Policial Gonçalves pelos esclarecimentos As Policiais Estaduais e Corpo de Bombeiros so tem a ganhar com investimento do SENASP AVIAÇAO POLICIAL citei caso do Rio Grande do Sul Pois tem divisas Grandes extensoes com ARGENTINA , URUGUAY e Grande area Litoranea ! Muito bom seu Trabalho !

  8. Ok amigo, estamos ciente e trabalhando muito neste sentido de realmente manter um serviço de policiamento ostensivo permanente nas fronteiras do Brasil.

    Bom fim de semana

    Maj Gonçalves

  9. Parabéns ao pessoal da D.O.A. É maravilhoso poder contar com uma ACFT desse porte na frota do DPRF, fortalecendo e muito a aviação de nossa polícia.

  10. Parabens! A aeronave Bell 412 é ideal para os serviços policiais. Bôa escolha
    porém com mais capacidade operacional.O Brasil merece este investimento.
    Roberto (Maceió-AL).

Deixe uma resposta para Lautert Cancelar resposta

- Saiba o que é trollagem: Cuidado com os TROLLS !

- Política de moderação: Política de moderação de comentários: sua consciência

Os comentários não representam a opinião do Piloto Policial. Os comentários são de responsabilidade dos respectivos autores.

Comentários

comentários