Helicóptero Fênix 02 da CIOPAer/CE resgata grupo de jovens perdidos por 30 horas na serra do maranguape

Anúncio

Um grupo de 20 pessoas, formado por sua maioria de jovens, passaram por instantes de pânico ao se perder na Serra do Maranguape, localizado a 15 milhas de Fortaleza-CE.

O que era para ser um feriado de lazer, quase se transforma numa tragédia. O grupo iniciou a subida da serra do Maranguape no sábado (01 Mai) por volta das 09:00h, quando ás 16:00h começou a chover e os responsáveis pelo grupo perderam a visibilidade e a trilha de volta. Por volta das 17:15h do dia seguinte (02 Mai), depois de 30 horas de agonia, o helicóptero Fênix 02 da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (CIOPAER) iniciou o resgate, participaram da operação o piloto major Ronaldo Pires (PMCE), o co-piloto major Sergio Augusto Ramos (PMPR) e os tripulantes St Delerino, St Anchieta, Cb Sena, Cb Wilton, Cb Barros, Sd Junior e Insp Gildo.

Helicóptero Fênix 02 – Ao fundo Serra do Maranguape

A auxiliar administrativa Caroline Alves, 21 anos, integrante do grupo que se perdeu na serra, revela que só ficou um tanto preocupada depois que as baterias dos celulares começaram a descarregar. “Na noite do sábado, avistamos o helicóptero da Polícia e fizemos sinal para eles, que não puderam descer naquele instante por causa do mau tempo. Depois que ficou claro que dormiríamos ali mesmo, abrimos um clarão no mato e fizemos um pequeno abrigo, priorizando as duas crianças que estavam entre nós. Como a previsão era de que demoraríamos pouco, não levamos muita comida e água. Os biscoitos foram entregues às duas crianças”.

Devido ao mau tempo na região o Corpo de Bombeiros não conseguia localizar onde o grupo encontrava-se perdido. Com o sobrevôo do helicóptero Fênix 02 foi possível localizá-los e quando as condições climáticas permitiram foi possível iniciar o resgate. Através da técnica do rappel dois tripulantes operacionais chegaram ao local onde encontrave-se as vítimas, culminando com a retirada de duas vítimas com o helicóptero Fênix 02, através da técnica de  MacGuire, sendo estes priorizados em razão das condições de saúde da criança (05 anos) e de sua mãe (22 anos), que estava com um machucado em um de seus joelhos, as demais vítimas foram conduzidas por terra até o sopé da serra, conduzidas por um Tripulante Operacional.

A técnica de enfermagem Clara Alves, 39 anos, ressaltou a união do grupo, “que ficou junto todo o tempo e se manteve solidário”. Embora a maioria das pessoas sejam integrantes da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, Clara fez questão de ressaltar que o passeio foi organizado pelas próprias pessoas, sem qualquer responsabilidade da igreja.

Já para auxiliar administrativa, Caroline Alves, a experiência não foi nada agradável. Ela salientou que o pior momento foi durante a noite, “nós forramos o chão, bastante íngreme, com palha de bananeira. Não dava pra gente deitar e muito menos dormir. Passamos quase 30 horas na mata” disse aliviada.

O coordenador de Defesa Civil do município de Maranguape, Sílvio Nunes, disse que o grupo correu grande perigo e que poderia ter havido um deslizamento. “Eles não procuraram um guia de turismo. Se tivessem feito isso, saberiam que as trilhas estão fechadas, pois, no período de quadra chuvosa, não é época adequada para visitar as trilhas da serra”.

Os moradores contam que não foi a primeira vez que um grupo se perdeu na trilha. Para fazer uma trilha segura, o recomendado é que o passeio seja acompanhado por um guia profissional. Na serra, as condições do tempo mudam rapidamente e, às vezes, alguns caminhos são fechados.


Assista ao Vídeo da TV Verdes Mares-CE


Fonte: CIOPAER-CE, TV Verdes Mares-CE.


5 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns ao bravos do Ciopaer do Ceará. Acredito que a missão só obteve sucesso devido ao apoio do helicóptero. Como ja fora dito em outras matérias o helicóptero não deve ser utilizado somente para resolver todas as situações sozinho. O helicóptero e tripulação existem também para apoiar outros orgãos de segurança pública. O helicóptero não é a solução, mas sim uma ferramenta para a segurança pública. Foi bem observado na matéria que o Ciopaer trabalhou em conjunto com o Corpo de Bombeiros e Defesa Civil do município.
    Eu acho que esse é um bom exemplo para aviação policial no Brasil.
    Mais uma vez parabéns!!

  2. Aos meus nobres amigos e companheiros de missões, os meus sinceros votos de congratulações por mais uma missão bem sucedida. Destaco como sendo um exemplo a ser seguido por outras unidades integradas, onde o CIOPAER do Ceará se destaca pelo trabalho realmente integrado, e não apenas como mais uma apêndice de uma ou outra Corporação.

    Um grande abraço a todos.

    TC BM Rogério.

  3. Parabéns, nobres Jangadeiros-do-Ar! O Sucesso só foi possível devido à integração entre as Corporações, que unindo técnica e abnegação, obtiveram êxito em mais uma missão, sempre honrando o lema de “VOAR PARA PROTEGER E SALVAR!”

  4. Parabéns a todos os componentes(pilotos e tripulantes) que participaram desse resgate, um resgate difícil por conta da localidade e condições do tempo, e esse tipo de missão só vem a engrandecer o trabalho realizado por todos que fazem parte dessa família CIOPAER.E vale salientar, como bem disse em seu comentário o Ten. Cleriston, a integração das corporações em prol do sucesso da missão.

    PARABÉNS CIOPAER – CE

    Alfredo Arnaud
    Tr. Op. CIOPAER – CE

  5. Parabens ao bravos do ciopaer!é de muita felicidade para nós,sociedade cearense em podermos contar com todos da cioaper!!!parabens pelo trabalho que todos vem desempenhando.

    Boa Sorte!
    Fatima Gabriela

Deixe uma resposta para TC BM Paulo Rogério Cancelar resposta

- Saiba o que é trollagem: Cuidado com os TROLLS !

- Política de moderação: Política de moderação de comentários: sua consciência

Os comentários não representam a opinião do Piloto Policial. Os comentários são de responsabilidade dos respectivos autores.

Comentários

comentários