California Highway Patrol – CHP Air Operations – Visão Geral – Parte 1

Anúncio

EXCLUSIVO PILOTO POLICIAL

Conheça um pouco da unidade aérea da California Highway Patrol, os “CHiPs” dos lendários Jon Baker e Frank Poncherello, na Califórnia/EUA.

A California Highway Patrol (CHP) é um departamento de polícia estadual da Califórnia, que tem jurisdição sobre as rodovias do estado e também atua como policia estadual, pois em 1995, a CHP fundiu-se com a Califórnia State Police (CSP).

Apesar de inicialmente estranha a nós brasileiros, a CHP é mundialmente famosa por ter sido inspiradora do seriado “ChiPs”, com os lendários Jon Baker e Frank Poncherello.

Além de suas atribuições de patrulhamento, a CHP também realiza outros tipos de missões, incluindo segurança física de instalações e locais sensíveis (como a sede do governo estadual, instalações nucleares e a ponte Bay Bridge) e a segurança pessoal da alta cúpula da administração do estado, como Governador, juízes e outros dignitários.

A CHP também trabalha em parceria com os departamentos de polícias locais, provendo auxílio em investigações, patrulhamento e outros trabalhos conjuntos. Apesar de sua missão principal ser relacionada com as rodovias, o departamento possuiu plena competência e autoridade para exercer seu “poder de polícia” em qualquer lugar do estado da Califórnia.

A CHP é subdividida territorialmente em 8 divisões, e sua sede fica na cidade de Sacramento, capital do estado da Califórnia/EUA.

Atualmente, a CHP é o maior departamento de polícia estadual dos Estados Unidos, com 11.300 funcionários, sendo desses mais de 7.800 Officers (policiais uniformizados).

Apenas como curiosidade, a CHP possui uma frota de mais de 2.500 viaturas de patrulhamento e 361 motocicletas, sendo mais de 1.900 desses veículos dotados de câmeras, que segundo estudo aumentam a segurança do patrulheiro, auxilia a produção de prova processual e reduz o número de reclamações e queixas.

A CHP teve um orçamento previsto para o ano fiscal de 2011-2012 de cerca de 1,9 bilhões de dólares.

Outra característica interessante, é que a CHP é responsável em todo o estado pelo atendimento e despacho de todas as ligações 911 (emergência) provenientes de aparelhos celulares, realizando cerca de 7,3 milhões de atendimentos 911 e mais 8.500 prisões por crimes graves (“felony”) no ano de 2010.

Guardadas todas as proporções, a CHP é um departamento de polícia que mais se assemelha a estrutura de segurança pública brasileira, que é baseada em polícias estaduais.

CHP Air Operations Program

Como não poderia deixar de ser, a unidade aérea da CHP (Office of Air Operations) é proporcional ao seu tamanho e estrutura.

A CHP começou seu programa de aviação em 1960 com a utilização de aeronaves de asa fixa utilizadas para patrulhamento das estradas e áreas rurais. Já operou helicópteros BO-105, MD500, Jet Ranger, entre outros.

Atualmente, o departamento possui uma frota total de 30 aeronaves, que incluí 15 aeronaves de asa fixa (14 Cessna T206H e 1 Cessna 182) e 15 helicópteros (11 Eurocopter AS350B3, 1 AS350B2, 2 Bell 206L4 e 1 OH-58A).

CHP Helicopter

A frota de helicópteros da CHP foi renovada em meados de 2000/2001, sendo adquiridas novas aeronaves AS350B3, sendo que algumas aeronaves desse modelo já atingiram mais de 13.000 horas de voo, sendo uma das mais voadas no mundo no modelo B3.

A CHP AOP tem um orçamento anual que varia entre 10 e 12 milhões de dólares anuais, e no ano de 2009 teve os seguintes resultados operacionais:

a) 23.185 horas de voo:
– 12.641 horas de voo em aviões
– 10.544 horas de voo de helicópteros
b) 16.109 missões realizadas;
c) 5.510 missões de busca e salvamento;
d) 408 missões aeromédicas;
e) Participou no apoio de 1.381 prisões;
f) 55 vidas salvas.

O departamento possui sua frota distribuída em oito bases destacadas, cada uma designada para uma divisão territorial. As bases são subordinadas (“direct management”) às Divisões territoriais, enquanto que o departamento (Office of Air Unit) tem a responsabilidade de coordenar (“program coordination”) as bases.

Todas as bases possuem aeronaves de asa fixa e helicópteros e tem como característica o perfil multimissão, que incluem: patrulhamento, apoio e suporte as equipes em terra, salvamento terrestre e aquático e resgate aeromédico, entre outras.

As aeronaves, tanto de asa fixa quanto de helicópteros, são tripuladas nos moldes americanos, somente por dois tripulantes: Piloto e Flight Officer.

A formação e treinamento dos pilotos de asa fixa e helicóptero são completamente diferenciados e eles não são autorizados a operarem ambos os equipamentos, mesmo que habilitados. Por exemplo, caso um piloto de asa fixa queira tornar-se piloto de helicóptero, necessariamente deixará de voar operacionalmente as aeronaves de asa fixa e vice-versa.

Leia também:

Texto e Fotos: Alex Mena Barreto para o site Piloto Policial.

5 COMENTÁRIOS

  1. Interessante o artigo! Observem o orçamento, a quantidade de horas voadas com helicóptero e avião, e a quantidade de missões realizadas.

  2. Não podemos observar somente as quantidades, mas temos que analisar a qualidade proporcionada pela quantidade.
    Proporcionalmente, o comprometimento incondicional de toda a Organização pode conduzir à mesma qualidade, desde que haja planejamento sistêmico e governança dos processos.

Deixe uma resposta

- Saiba o que é trollagem: Cuidado com os TROLLS !

- Política de moderação: Política de moderação de comentários: sua consciência

Os comentários não representam a opinião do Piloto Policial. Os comentários são de responsabilidade dos respectivos autores.

Comentários

comentários