Avião do COMAVE sai da pista após problemas no pouso em Teófilo Otoni/MG

Minas Gerais – Por volta das 09:30 de hoje, terça-feira (08), o avião Cessna 210L do COMAVE (Comando de Aviação do Estado), operado pela Polícia Militar de Minas Gerais, matrícula PR-HAC, sofreu um incidente grave em Teófilo Otoni, na região do Vale do Mucuri.

O avião saiu da pista e fez um pouso brusco. Havia quatro pessoas a bordo do avião, sendo dois pilotos da Polícia Militar e dois militares do Batalhão de Operações Especiais (BOPE). Ninguém se feriu no incidente.

Avião Cessna 210L do COMAVE operado pela Polícia Militar de Minas Gerais.
Avião Cessna 210L do COMAVE operado pela Polícia Militar de Minas Gerais.

O caso aconteceu no Aeródromo Kemil Kumaira. Informações preliminares dão conta de que houve um problema no trem de pouso dianteiro da aeronave, ocasionando a saída de pista e danificando o conjunto de hélices e a chapa inferior da fuselagem. Após o incidente, o avião parou bruscamente em uma área de terra do aeródromo.

Esse é o segundo caso em menos de um ano com aeronave do mesmo modelo operado pelo COMAVE. O outro incidente ocorreu na cidade de Januária, em Minas Gerais, em 2016, com um pouso forçado sem acionamento do trem de pouso.

Investigação

Segundo a PM, os danos na aeronave foram pequenos. O caso será investigado pelo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáutico (SERIPA 3), que irá apontar os fatores contribuintes do incidente. A seguradora também foi acionada.

Os dois militares do Esquadrão AntiBombas do BOPE iriam para o município de Padre Paraíso para desarmar um artefato em um caixa eletrônico. Após o ocorrido, os militares do BOPE seguiram para o cumprimento da missão.

Avião Cessna 210L do COMAVE operado pela Polícia Militar de Minas Gerais.
Avião Cessna 210L do COMAVE operado pela Polícia Militar de Minas Gerais.

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

- Saiba o que é trollagem: Cuidado com os TROLLS !

- Política de moderação: Política de moderação de comentários: sua consciência

Os comentários não representam a opinião do Piloto Policial. Os comentários são de responsabilidade dos respectivos autores.

Comentários

comentários