Manda quem…, obedece quem tem…!

ERNESTO PUGLIA NETO
Coronel da Polícia Militar de São Paulo

Se você completou as frases com as palavras “pode” e “juízo”, conforme o dito popular muito em uso no Brasil, você certamente compreende a relação de poder e medo que existe entre muitos chefes e subordinados.

A literatura atual trata aqueles funcionários que estão subordinados a nós funcionalmente como “colaboradores” – poderíamos dizer que esse é um termo “politicamente correto”. Mas, será que esses funcionários se sentem como colaboradores, efetivamente, numa relação de “medo” e “poder”, como a retratada no ditado popular “manda quem pode, obedece quem tem juízo”?

Manda Quem Pode - Área 58
Manda Quem Pode – Área 58

Eu tenho convicção que não.

E mais. Por ser policial militar, ou seja, membro de uma Instituição hierarquicamente organizada, entendo que essa relação de medo e poder tende a ser perniciosa – na maioria das vezes – e afetar a qualidade com que o serviço é realizado.

Diante disso, cunhei um novo ditado: “Manda quem sabe! Obedece quem tem compromisso!”.

O saber mandar pode ser chamado de liderança! Conforme as definições mais conhecidas de liderança, a influência que se obtém sobre o outro, caracteriza a sabedoria de quem efetivamente consegue ter seus desejos – e ordens – atendidos!

Compromisso é o outro componente da equação. Sem ele, os resultados podem ser satisfatórios. Mas com compromisso, os resultados podem exceder a expectativa.

Se um chefe sabe mandar, o resultado tende a ser melhor do que para o chefe que não sabe mandar. Se um colaborador tem compromisso, o resultado tende a ser melhor do que aquele produzido por quem não tem. Agora, quando combinamos o saber mandar do chefe, com o compromisso do colaborador, o que surge é uma relação de autoridade e respeito, e temos uma equação digna de resultar em sucesso!

É claro que aquele que sabe mandar, tem, também, uma oportunidade muito grande de obter o compromisso de seu colaborador – se pensarmos em dois chefes, um que sabe mandar e outro que só usar o seu poder, o primeiro tem muito mais chance de ter colaboradores compromissados. Isso também pode ser chamado de liderança!

Ao longo dos próximos textos, vou tentar dissecar o que entendo por “saber mandar”. Da mesma forma, vou tentar transmitir minha ideia sobre como despertar e desenvolver o compromisso do colaborador.

Por enquanto, fica a dica novamente: “Manda quem sabe! Obedece quem tem compromisso!”


Autor: Oficial da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Doutor em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública. Bacharel em Administração de Empresas pelo Mackenzie, com especialização em Gerenciamento de Pessoas. Especialista em Direitos Humanos pela Universidade de São Paulo. Master Practitioner em Programação Neurolinguística e Coach.


Deixe uma resposta

- Saiba o que é trollagem: Cuidado com os TROLLS !

- Política de moderação: Política de moderação de comentários: sua consciência

Os comentários não representam a opinião do Piloto Policial. Os comentários são de responsabilidade dos respectivos autores.

Comentários

comentários