Corpo de Bombeiros de Alagoas realiza treinamento simulado de salvamento no mar com helicóptero

ENAVSEG 2018

Alagoas – Em grande parte de Alagoas, as festividades de Carnaval tiveram início na sexta-feira (9). Muitos foliões viajaram para aproveitar a folia, e, para atender a demanda desse período, o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) concluiu, na manhã de sexta (9), a preparação de seus militares e recursos para garantir a segurança de todos que curtirão a festa.

Para fechar os treinamentos foi realizada uma atividade simulada de salvamento no mar, na praia do Pontal da Barra, com o emprego do helicóptero Falcão 05, do Grupamento de Operações Aéreas (GOA), guarda-vidas e socorristas da corporação, além de integrantes do Samu.

Operações com aeronave reduzem o tempo resposta nos casos mais graves,. oto: André Luiz.
Operações com aeronave reduzem o tempo resposta nos casos mais graves,. oto: André Luiz.

O comandante-geral do CBMAL, coronel Adriano Amaral, enfatizou a capacidade técnica e operacional da instituição para auxiliar os cidadãos. “Estamos aqui integrados neste simulado, pois sabemos que o Carnaval exige bastante da nossa corporação, tanto nas praias, como nas estradas. Realizamos sempre esses treinamentos para que nossos profissionais estejam preparados para atender as ocorrências da melhor forma e com o menor tempo-resposta possível”, relatou o comandante-geral.

Segundo o capitão Felipe Dórea, piloto do Grupamento de Operações Aéreas, o grande fluxo de pessoas no período carnavalesco tende a aumentar o índice de acidentes. “O nosso Carnaval é bem litorâneo, então, a população de banhistas aumenta consideravelmente e, com isso, o número de ocorrências no mar também tende a crescer. Portanto, esta integração é um incremento no atendimento à sociedade, para que se potencializem as ações do Corpo de Bombeiros neste Carnaval”, explicou ele.

Operações com aeronave reduzem o tempo resposta nos casos mais graves,. oto: André Luiz.
Operações com aeronave reduzem o tempo resposta nos casos mais graves,. oto: André Luiz.

Na ocasião, foi simulado um salvamento conjugado no mar, com o emprego da técnica com o “sling’ para a retirada da vítima da água, contando com apoio de três embarcações e guarda-vidas.

Após a retirada da vítima do meio aquático e atendimento pré-hospitalar, a mesma foi transportada para um hospital na aeronave, o que diminui consideravelmente o tempo-resposta. A equipe do treinamento foi composta totalmente por bombeiros militares, sendo quatro no helicóptero, entre comandante da aeronave e tripulantes operacionais, oito guarda-vidas, uma guarnição de atendimento pré-hospitalar do CBMAL e uma equipe do Samu.

Operação Carnaval 2018

De 10 a 14 de fevereiro, o Corpo de Bombeiros atuará na capital e no interior, com cerca de 190 militares e 39 viaturas operacionais, distribuídos em quarteis fixos e postos avançados instalados em locais estratégicos. Serão 12 postos avançados do CBMAL.

Operações com aeronave reduzem o tempo resposta nos casos mais graves,. oto: André Luiz.
Operações com aeronave reduzem o tempo resposta nos casos mais graves,. oto: André Luiz.

Agência Alagoas, por Thássia Santos.

Deixe uma resposta

- Saiba o que é trollagem: Cuidado com os TROLLS !

- Política de moderação: Política de moderação de comentários: sua consciência

Os comentários não representam a opinião do Piloto Policial. Os comentários são de responsabilidade dos respectivos autores.

Comentários

comentários