Equipe aeromédica do Grupamento Aéreo de Alagoas realiza salvamento de vítima de afogamento no mar

Equipe do Serviço Aeromédico fez o resgate de duas vítimas na cidade da Barra de São Miguel

Anúncio

Alagoas  – “A ocorrência da vida!”. Foi dessa forma que Claubiano Moura, médico do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Alagoas definiu o salvamento de duas vítimas de afogamento realizado pela equipe aeromédica na Barra de São Miguel, litoral Sul do Estado. Para a ocorrência desse domingo (30) foram liberados o helicóptero Falcão 03 e a Unidade de Suporte Básico (USB) de Marechal Deodoro.

Equipe fazia voo de busca e salvamento para a prevenção de afogamentos quando foi acionada foto:Grupamento Aéreo
Equipe fazia voo de busca e salvamento para a prevenção de afogamentos quando foi acionada foto:Grupamento Aéreo

A equipe do serviço aeromédico estava fazendo o voo de busca e salvamento para a prevenção de afogamentos quando foi acionada para o resgate aquático de uma vítima de afogamento na Barra de São Miguel. Essa é uma atividade de rotina, realizada durante feriados e finais de semana, no trecho litorâneo que compreende do município da Barra de Santo Antônio, passando pelas praias da capital alagoana, até a Barra de São Miguel.

De acordo com Claubiano Moura, a primeira vítima foi encontrada no mar e resgatada pelo tripulante operacional Marcelo Souza, sargento do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL), que também integra a equipe aeromédica. Souza saltou com os equipamentos necessários para fazer o resgate da vítima.

“Quando estávamos nos encaminhando para o pouso na praia e para fazer o atendimento da vítima do sexo feminino, populares começaram a acenar, indicando que outro banhista ainda estaria no mar. Voltamos e avistamos um rapaz aparentando estar muito cansado e prestes a afundar da água”, relatou o médico.

Foi nesse momento que, mesmo sem nenhum equipamento, mas com toda a experiência que o socorrista tinha por ter feito parte do Corpo de Bombeiros durante nove anos, o médico do Samu saltou da aeronave e fez o salvamento da segunda vítima.

“Olhei para a vítima, percebi que ele não iria aguentar por muito tempo e, em questão de segundos, tomei a decisão de pular. Eu não podia decepcionar aquele paciente, a minha equipe e os meus valores. Passou tudo isso pela minha cabeça. Foi acreditar em Deus e nos meus companheiros de equipe”, contou o médico.

Com as duas vítimas retiradas do mar, os profissionais do Samu fizeram o primeiro atendimento no local. A jovem de 20 anos apresentava um grau de afogamento nível 1 e o rapaz, de 22 anos, estava com um grau de afogamento nível 3.

Os pacientes estavam estáveis e o jovem precisou de mais atenção. Pelo grau do afogamento, ele teve que ser aquecido, colocado na posição lateral de segurança, foi feito um acesso venoso e ele recebeu a oferta de oxigênio por máscara.

As vítimas foram levadas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da praia do Francês, no município de Marechal Deodoro, uma por uma ambulância do Corpo de Bombeiros e outra pela USB do Samu da Base Descentralizada de Marechal Deodoro.

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

- Saiba o que é trollagem: Cuidado com os TROLLS !

- Política de moderação: Política de moderação de comentários: sua consciência

Os comentários não representam a opinião do Piloto Policial. Os comentários são de responsabilidade dos respectivos autores.

Comentários

comentários