GRAESP realiza megaoperação em Breves, Ilha de Marajó, para socorrer 4 vítimas de queda de helicóptero e para transportar paciente grave

Anúncio

Pará – Na tarde de quinta-feira (15), um helicóptero AS350BA, matrícula PT-HYV, da empresa Maricá Táxi Aéreo, fez um pouso forçado a 19 milhas de Breves, na Ilha de Marajó. Quatro pessoas, um piloto e três passageiros, foram resgatadas no início da noite pelo Grupamento Aéreo de Segurança Pública (GRAESP). Todos sobreviveram.

O GRAESP foi acionado pelo SALVAERO Amazônico (RCC-AZ) da FAB e após buscas pela região, localizaram a aeronave e seus quatro ocupantes em uma área entre os municípios de Curralinho e Breves, próximos a uma linha de transmissão.

GRAESP realiza mega operação em Breves, Ilha de Marajó, para socorrer 4 vítimas de queda de helicóptero e para transportar paciente grave
GRAESP realiza megaoperação em Breves, Ilha de Marajó, para socorrer 4 vítimas de queda de helicóptero e para transportar paciente grave. Foto: Divulgação GRAESP.

Diante da impossibilidade de pouso e dificuldade de acesso ao local do acidente, a equipe do Guardião 01 pousou em uma área descampada cerca de 600 metros da aeronave. Por ser aérea de selva nativa, a equipe de socorro deslocou-se a pé pela mata, seguindo a linha, em direção a aeronave acidentada e conduziu seus ocupantes até o Guardião 01.

Eles foram resgatados e levados para o Hospital Regional de Breves, tendo em vista que dois passageiros do helicóptero apresentavam ferimentos. Todos estavam conscientes e orientados, mas com diversas escoriações pelo corpo. Em virtude do pôr do sol, o helicóptero e a tripulação do GRAESP permaneceram em Breves.

Na manhã de sexta-feira (16), outro helicóptero do GRAESP, Guardião 09, seguiu para Breves para fazer um transporte aeromédico de uma mulher com complicações na gravidez e levou uma nova tripulação para o Guardião 01. O Guardião 09 retornou para Belém com a paciente e com o piloto do helicóptero acidentado. Os passageiros do helicóptero retornaram para Belém no avião Grand Caravan, Guardião 07.

O helicóptero acidentado prestava serviço para a Rede CELPA e estava em missão de investigação sobre interrupção de fornecimento de energia elétrica para o município de Curralinho.

Uma nova equipe da CELPA está com a equipe do Guardião 01 do GRAESP para identificar o ponto de interrupção de energia e apoiar a equipe de solo para o restabelecimento da energia elétrica no município de Curralinho, que ainda está às escuras.

2 COMENTÁRIOS

  1. Sei da grande doação ao serviço aéreo de Defesa Social do Estado do Pará que os servidores empregados no GRAESP se dedicam, simplesmente um sacerdócio.
    Parabéns à todos integrantes dessa honrada unidade aérea de Seg. Pública.
    👏 🛫 🚁

Deixe uma resposta

- Saiba o que é trollagem: Cuidado com os TROLLS !

- Política de moderação: Política de moderação de comentários: sua consciência

Os comentários não representam a opinião do Piloto Policial. Os comentários são de responsabilidade dos respectivos autores.

Comentários

comentários