Mecânico de aeronaves: cursos, salário e mercado de trabalho

Anúncio

Um dos profissionais da aviação que possuem um alto grau de responsabilidade e comprometimento com a segurança de voo é, sem dúvida, o mecânico de manutenção de aeronaves.

Para ser mecânico aeronáutico (ou simplesmente mecânico de voo), é necessário concluir com aproveitamento um curso homologado pela ANAC, dentro de uma das habilitações (GMP, CEL ou AVI), em uma escola de aviação autorizada pela agência.

Saiba mais: 

O profissional precisa passar por um rígido treinamento para poder exercer suas atividades baseadas na plena segurança.

O curso tem duração aproximada de 13 meses para cada uma das diferentes habilitações. A carga horária total para a formação plena é de aproximadamente 1.100 horas. O salário pode chegar a R$ 8 mil, mas depende muito da empresa, horários e nível de experiência do profissional.

Lembrando que de acordo como o SNA – Sindicato Nacional Dos Aeronautas, o salário base do Mecânico de Manutenção Aeronáutica (2019-2020) é de R$ 3.416,15.

mnt1

Mecânico de Voo

As especialidades da profissão de mecânico de manutenção de aeronaves são:

GMP (Grupo moto propulsor) – Concentra informações sobre todos os tipos de motores de aviação geral (convencional ou a reação), todos os sistemas de hélices e rotores, e com todos os sistemas dos grupos moto-propulsores.

CEL (Célula) – Esta habilitação fornece conhecimentos para todos os sistemas de pressurização, ar condicionado, pneumático, sistemas hidráulicos, além da parte de fuselagem de aviões e helicópteros em geral.

AVI (Aviônicos) – Nesta especialidade, o profissional adquire conhecimentos em todos os componentes elétricos e eletrônicos de aeronave, inclusive instrumentos de navegação, rádio-navegação e rádio-comunicação, sistemas elétricos e de radar.

Pré-requisitos para iniciar na profissão:

Ter no mínimo 18 anos, a serem completados até o final do curso;

Ter Nível Médio (antigo 2º grau) adquirido em estabelecimento de ensino público ou privado, devidamente autorizado.

Entre em contato com a escola ou aeroclube de seu interesse para saber quais documentos são necessários para fazer a matrícula na curso. A dica é ligar para algumas entidades e realizar uma pesquisa sobre o valor das mensalidades.

Exames da Anac

As provas são compostas por 60 (sessenta) questões para cada categoria de habilitação (especialidades).

Após ser aprovado no exame da Anac de determinada habilitação, o profissional obtém o Certificado de Habilitação Técnica (CHT) inicial. Após dois anos de experiência este profissional será checado novamente pela Anac em uma avaliação prática e se aprovado receberá sua CHT definitiva.

Uma dica é que desde o início do curso o aluno procure uma oportunidade de trabalho na área, mesmo que seja um estágio não remunerado. Como a maioria das grandes empresas exige experiência, é preciso estar preparado para a concorrência.

Leia aqui mais informações sobre a RBHA 65 da ANAC que dispõe sobre a carreira do Mecânico de Manutenção Aeronáutica.

SENAI/SC Palhoça

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial em Santa Catarina, SENAI/SC, que é o atual campeão brasileiro na Olimpíada do Conhecimento na área de manutenção de aeronaves, já iniciou o preparo de um curso de formação inicial em EaD de alto nível visando atender as necessidades não só da aviação civil, mas também da aviação de segurança pública.

Certamente, uma política que vise a formação inicial de qualidade e a capacitação continuada para o recompletamento de mecânicos de aeronaves, não somente irá diminuir os gastos com contratos de manutenção, que representam cerca de 40% das despesas das operações aéreas, como também atenuarão os índices de acidentes/ incidentes que, indubitavelmente, é o objetivo de toda unidade aérea.

Deixe uma resposta

- Saiba o que é trollagem: Cuidado com os TROLLS !

- Política de moderação: Política de moderação de comentários: sua consciência

Os comentários não representam a opinião do Piloto Policial. Os comentários são de responsabilidade dos respectivos autores.

Comentários

comentários