Primeira mulher passa a integrar equipe do Grupamento de Operações Aéreas da Polícia Civil do Paraná

Anúncio

Paraná – Bruna Roberta Mayer, 33 anos, investigadora da Polícia Civil do Paraná, será a primeira mulher a integrar uma equipe de operações aéreas no Paraná e torna-se definitivamente membro do Grupamento de Operações Aéreas (GOA) da Polícia Civil do Paraná. Bruna também foi a única mulher aprovada no XI Curso de Operadores Aerotáticos (COA) – o qual concorreu com policiais do sexo masculino de todo país – realizado no Estado do Maranhão (MA).

Bruna Roberta Mayer. Foto: Divulgação/Polícia Civil

A policial passará a sobrevoar com a aeronave do GOA sob supervisão de outro operador aerotático e a partir de fevereiro assumirá, definitivamente, o cargo de operadora aerotática – qual dá apoio na parte operacional dentro da aeronave.

A servidora passou por um rigoroso teste de aptidão física, realizado por meio de uma parceria entre o GOA e Escola Superior de Polícia Civil (ESPC). “Entre os policiais inscritos, Bruna foi a única a obter êxito na aprovação, razão pela qual foi indicada a participar do XI COA, no Centro Tático Aéreo – unidade de referência nacional no Maranhão (MA)”, afirma o coordenador do GOA, o delegado Renato Coelho de Jesus.

Bruna Roberta Mayer. Foto: Divulgação/Polícia Civil
Bruna Roberta Mayer. Foto: Divulgação/Polícia Civil

Durante o curso, a investigadora foi submetida a uma intensa e exaustiva série de ensinamentos, relacionados a operações aéreas de salvamento e resgate policial, em meio a mata. Se despir de sua vaidade foi um elemento importante para obter sucesso e concluir a sua formação, ao seu ponto de vista. “Cortar o cabelo foi opcional, mas eu raspei, pois percebi que os fios longos poderiam enroscar nas cordas do avião e também me atrapalhariam durante os dias em que eu estava mata a dentro”, conta.

Bruna Roberta Mayer. Foto: Divulgação/Polícia Civil
Bruna Roberta Mayer. Foto: Divulgação/Polícia Civil

Bruna ressalta que entre todos os desafios enfrentados por ela, um dos maiores foi vencer o preconceito e não ser tratada com diferenciação. “Foram cerca de dois meses de treinamento, e um dos desafios foi me alinhar com os homens, que também estavam participando da capacitação. E a cada dia eu fui provando que tinha condições físicas e mentais para estar ali”, afirma a policial.

Cerca de 90 servidores de todo país participaram do processo seletivo, porém, apenas 25 foram selecionados para iniciar o XI COA, no Maranhão (MA). Destes 25, formaram-se 13 no total, entre elas a policial paranaense. A servidora ficou em sétima colocação. “Foi gratificante ficar entre os sete melhores, inclusive recebi homenagem das autoridades locais”, comemorou Bruna.

Para o coordenador do GOA, Renato Coelho Jesus, a investigadora vem para somar a equipe de pilotos e operadores aerotáticos. “Ela apresenta um elevado grau técnico, profissional e disciplinar, além de ser a única mulher do estado do Paraná a desenvolver esta nobre função. Sem contar que há 12 anos nenhuma mulher havia conseguido aprovação em um teste seletivo tão rigoroso quanto esse”, finaliza.

Grupamento de Operações Aéreas  – GOA

No dia 04/06/2016 foi anunciado, no Palácio Iguaçu, em Curitiba, o início dos trabalhos do Grupamento de Operações Aéreas (Goa), criado por decreto no mês de junho e que integra a Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc), da Polícia Civil do Paraná.

A unidade começou a atuar com um helicóptero Robinson R44 apreendido de criminosos e que foi cedido pela Justiça para a Secretaria de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária. Agora, a aeronave é usada em ações de segurança.

Sede do GOA no Aeroporto de Bacacheri. Foto: Eduardo Beni.
Sede do GOA no Aeroporto de Bacacheri. Foto: Eduardo Beni.

Governo do Paraná.

Deixe uma resposta

- Saiba o que é trollagem: Cuidado com os TROLLS !

- Política de moderação: Política de moderação de comentários: sua consciência

Os comentários não representam a opinião do Piloto Policial. Os comentários são de responsabilidade dos respectivos autores.

Comentários

comentários