Eventos comemorativos marcam 60 anos do Esquadrão Pelicano e da Aviação de Busca e Salvamento no Brasil

Brasil – A Associação Brasileira de Busca e Salvamento – ABRA-SAR, fundada em 06 de dezembro de 2010, está promovendo eventos comemorativos dos decênios da Aviação de Busca e Salvamento no Brasil, que são:

  • 50 anos do resgate da aeronave C-47, matrícula FAB 2068 C-47 FAB 2068;
  • 50 anos da operação da aeronave H-1H (Bell 205 Iroquois – UH-1 Huey), e
  • 60 anos de operações aéreas do Esquadrão Pelicano (2°/10° GAV).

60anos2

Eventos

As comemorações buscam enaltecer a prestação do serviço de Busca e Salvamento no Brasil e seguirá a seguinte programação:

  • Dia da Aviação de Busca e Salvamento e 50 anos do H-1H: 25 e 26 de Junho de 2017.
  • Aniversário do Esquadrão Pelicano (2°/10° GAV): 06 de Dezembro de 2017.
  • Local: ALA 5 (Base Aérea de Campo Grande), Av. Duque de Caxias, 2905, Campo Grande-MS.
DSC00408
Militares forjados para salvar.

Um pouco da história

60anosNo dia 06 de dezembro de 1957 foi criado o Segundo Esquadrão do Décimo Grupo de Aviação (2°/10° GAV), o único Esquadrão Aéreo exclusivamente dedicado à missão de Busca e Salvamento (SAR – Search and Rescue) na FAB.

Em 1958 o Esquadrão Pelicano começou a operar o Sikorsky H-19D sendo a primeira unidade de Asas Rotativas da FAB. Em 1967 recebeu o SH-1D versão específica para busca e salvamento, que posteriormente foram substituídos pelos UH-1H Huey versão mais moderna e de uso geral.

O dia 26 de junho de 1967 ficou marcado como o Dia da Aviação de Busca e Salvamento por ter sido a data que o FAB 2068 (clique e saiba mais) foi avistado pelo Suboficial Valin no SA-16 FAB 6528 do 2°/10° GAV. Ao final dos 11 dias de busca e resgate, 33 aeronaves voaram 1.100 horas, resgatando cinco sobreviventes e os vinte mortos. O resgate do FAB 2068, em junho de 1967, marcou ainda o início da operação dos helicópteros H-1H (Bell 205 Iroquois – UH-1 Huey) no Brasil.

Atualmente, o Esquadrão Pelicano continua como referência do Serviço de Busca e Salvamento no Brasil. Com sede na capital sul-mato-grossense desde 1980, o 2°/10° GAV está recebendo uma versão nova do SC-105 com capacidade de realização de busca eletrônica e o H-36 Caracal (Airbus EC-725) para substituir o cinquentão H-1H.

Mantendo-se permanentemente em alerta durante 24 horas por dia, sete dias da semana, 365 dias no ano, para decolar em poucos minutos, o Esquadrão está equipado para atender qualquer situação de emergência, seja na terra ou no mar, numa área de 22 milhões de km2, grande parte sobre o oceano Atlântico e a Amazônia.

Aeronave Bell H-1H do 2º/10º Grupo de Aviação (Esquadrão Pelicano) na Base Aérea de Campo Grande.
Aeronave Bell H-1H do 2º/10º Grupo de Aviação (Esquadrão Pelicano) na Base Aérea de Campo Grande. Foto: Sgt Johnson.

Missões

Ao completar 60 anos de existência em dezembro de 2017, com atuação em todo o território nacional e no exterior ao longo de sua história, o Esquadrão Pelicano teve marcante participação em diversas missões de resgate, desde as menos conhecidas, como o socorro da população do Estado de Mato Grosso do Sul, até aquelas de extensa divulgação na mídia, como as buscas ao VARIG 254, em 1989, ao GOL 1907, em 2006 e ao AIR FRANCE 447, em 2009.

H1H - Gol1907 1
H1H na operação do acidente que envolveu o Gol 1907.

Juramento

Prontidão é o permanente estado dos Pelicanos, como são carinhosamente conhecidos os militares deste Esquadrão Aéreo. É o que garante a confiabilidade do salvamento a qualquer tempo e em qualquer lugar.

“É meu dever, como membro do serviço de Busca e Salvamento, socorrer feridos e salvar vidas. Estarei pronto em qualquer ocasião para cumprir com esse dever, colocando-o acima de meus interesses pessoais e bem-estar. E o cumprirei… para que outros possam viver!”

DSC_0135
E o cumprirei… para que outros possam viver!

Para saber mais como APOIAR o evento entre em contato com:

Mauro Pascale de Camargo Leite
Chefe da Comissão de Marketing da ABRASAR
Telefone – (67) 98149-4370
E-MAIL: [email protected]


 

Deixe uma resposta

- Saiba o que é trollagem: Cuidado com os TROLLS !

- Política de moderação: Política de moderação de comentários: sua consciência

Os comentários não representam a opinião do Piloto Policial. Os comentários são de responsabilidade dos respectivos autores.

Comentários

comentários