CIOPAer/MT apoio operação ambiental em parceria com a SEMA

Anúncio

Fiscais da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) apreenderam na madrugada desta quinta (12/01), na rodovia entre Barão de Melgaço e Santo Antônio do Leverger 368 quilos de pescado em filés das espécies cachara e pintado.

O infrator transportava o pescado, sem documentação, em um veiculo Fiat Strada. A denúncia anônima foi feita na Ouvidoria da Sema. O condutor foi encaminhado à Delegacia Especializado do Meio Ambiente (Dema) onde neste momento presta esclarecimentos.

Segundo o coordenador de Fiscalização de Pesca da Sema, Carlos Cesário, varias denuncias já foram feitas na Ouvidoria do órgão contra o homem, conhecido como “Caveira”.

OPERAÇÃO

No final da tarde da última quarta (11/01), outros 250 quilos de pescado irregular, foram apreendidos durante uma operação de fiscalização na região do Rio Paraguai, no município de Barra do Bugres (169 km de Cuiabá).

A operação – que vem sendo desenvolvida desde a última terça (10/01) e segue pelos próximos dias – foi montada a pedido da Diretoria Regional da Sema de Tangará e Polícia Militar Ambiental em razão do grande numero de denuncias registradas na região.

O agente ambiental da Sema, Francisco Tadeu Paroli, que acompanha a operação desde o início, afirma já foram apreendidos na região 240 quilos de pescado irregular e vários apetrechos utilizados na pesca ilegal entre eles seis redes, três espingardas, quatro tarrafas, uma canoa e dois arpões. O pescado apreendido será doado a entidades assistenciais e filantrópicas do município de Barra do Bugres e os apetrechos destruídos.

Para a operação estão sendo utilizados cerca de 20 homens, seis carros, dois barcos e um helicóptero da Diretoria Regional da Sema de Tangará da Serra. A operação conta ainda com o apoio da Superintendência de Fiscalização de Pesca, Polícia Militar Ambiental de Barra do Bugres, Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) com o Águia 05, da Secretaria de Segurança Pública (Sesp) e Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema).

BALANÇO

Segundo informações da Superintendência de Fiscalização de Pesca da Sema, desde o início do período de piracema até dezembro foram apreendidos 585,66 quilos de pescado irregular – 315,25 quilos foram apreendidos no mês de novembro e 270,41 no mês de dezembro.

Segundo o balanço parcial, nesse período (novembro e dezembro) também foram apreendidos pelos fiscais da Sema um veículo, 11 embarcações, 171 apetrechos utilizados para a pesca depredatória e um motor. No total seis pessoas já foram presas.

PERÍODO DE DEFESO

Durante o período de defeso da piracema, que vai de 1º de novembro, nos rios da Bacia Hidrográfica do Araguaia e, 05 de novembro nos rios das Bacias Hidrográficas do Amazonas e do Paraguai até o dia 28 de fevereiro de 2012, é proibida a pesca nos rios de Mato Grosso, inclusive na modalidade pesque e solte.

Neste período, só é permitida a pesca de subsistência, desembarcada ou a de caráter científico, previamente autorizadas pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) ou pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema).

Fonte: Assessoria Imprensa Mato Grosso

Deixe uma resposta

- Saiba o que é trollagem: Cuidado com os TROLLS !

- Política de moderação: Política de moderação de comentários: sua consciência

Os comentários não representam a opinião do Piloto Policial. Os comentários são de responsabilidade dos respectivos autores.

Comentários

comentários