Divisão de Operações Aéreas da PC/DF realiza treinamento de tiro embarcado

Anúncio

A Divisão de Operações Aéreas da Polícia Civil do Distrito Federal com escopo de manter a capacitação de seus pilotos e operadores, realizou no dia 26/08, treinamento de tiro embarcado, o qual foi realizado no estande de tiros do Exército.

Assim, foram executados disparos nas mais diversas posições simulando situações reais de abordagem tática aérea.

Segundo o Diretor da DOA/PCDF, Delegado Haendel, como as operações aéreas policiais se diferenciam de todos os outros segmentos da aviação, onde constantemente são necessários efetuar voos fora dos padrões estabelecidos para as demais aeronaves, isso demanda dos pilotos e operadores um alto nível de preparo.

Ainda, segundo o diretor da DOA, o treinamento também visa atingir uma maior interação entre pilotos, operadores e máquina, pois o cenário externo à aeronave e a imprevisibilidade que caracterizam a atividade aérea policial exigem uma equipe coesa, atualização constante e um nível de atenção diferenciado.

Confira as fotos:


Fonte: DOA-PCDF


4 COMENTÁRIOS

  1. Treinamento díficil, combate equilibrado, é sábio que a realização de treinamentos leva a correção de erros e aprimora o conhecimento, levando a certeza de que quando necessário for, a equipe irá responder com qualidade e competencia.

    Saudações aos amigos TPOs

  2. O tiro policial por si só já não é tarefa fácil. Além dos fundamentos do tiro, são necessários muito preparo e cautela para que um inocente não seja atingido. O tiro embarcado efetuado de uma aeronave, helicóptero, apresenta-se de forma muito mais complexa, exigindo dos Tripulantes Operacionais um exaustivo treinamento, que faz parte do cotidiano do Operador.
    Saudações a todos os amigos TOps de todo o Brasil.

    “TREINAMENTO DIFÍCIL, COMBATE FÁCIL”

    *Respondendo ao amigo Isidoro, na DOA/PCDF nós TOps também usamos o macacão anti-chamas durante as operações.

  3. È bem sábido por parte de todos, que o macação anti-chamas possui um tempo curto de resistencia, ficando assim os tripulantes operacionais expostos mais ainda ao perigo, já que sempre estão com as cadeirinhas de rapel presas ao corpo,o que dificulta uma retirada imediata do macação, é bom que seja feita tal observação.

Deixe uma resposta

- Saiba o que é trollagem: Cuidado com os TROLLS !

- Política de moderação: Política de moderação de comentários: sua consciência

Os comentários não representam a opinião do Piloto Policial. Os comentários são de responsabilidade dos respectivos autores.

Comentários

comentários