Conheça a unidade de apoio aéreo do Fresno County Sheriff Department

Anúncio

EXCLUSIVO PILOTO POLICIAL

Conheça um pouco da unidade Air Support Unit,  do Fresno County Sheriff Department, na Califórnia/EUA.

Fresno é uma cidade localizada na região central do estado da Califórnia, nos EUA. É conhecida por ter um clima quente e por ser uma importante região agrícola do estado da Califórnia.

O condado de Fresno, abrange além da cidade de Fresno, mais 48 cidades, cobrindo uma área de 15.585 quilômetros quadrados e uma população total de quase 1 milhão de habitantes.

O Departamento de Polícia do Condado de Fresno (Fresno County Sheriff Department) é responsável para efetuar o policiamento em toda área do condado, inclusive partilhando o policiamento de uma região da cidade de Fresno com o departamento de polícia da cidade (Fresno Police Department).

A unidade aérea do condado de Fresno está situada no aeroporto internacional Fresno Yosemite, de onde também operam as unidades aéreas de Fresno Police Department (operando um EC120B) e a California Highway Patrol – Central Base (operando AS350B3 e C206) .

A unidade Air Support Fresno County Sheriff iniciou suas operações em 1997, e atualmente opera duas aeronaves MD500E e um avião Cessna C206H, todos completamente equipados para operação policial.

Air Support Unit – Primeiras Impressões

Se podemos pensar numa unidade com vocação para atuação policial aos moldes brasileiros, esta unidade é o Air Support Fresno County Sheriff. Como se diz por aqui: caveira !

Os helicópteros MD500E operam na maioria do tempo sem as portas, o que alivia o peso da aeronave e não causa limitação operacional alguma. Eles levam armamento longo a bordo e estão aptos e acostumados a utilizarem em necessidade, principalmente, durante o apoio às patrulhas em terra em locais mais remotos e de difícil acesso, inclusive com o desembarque do Tactical Flight Officer para efetuar a detenção do suspeito.

Além do armamento individual dos tripulantes, no caso uma pistola calibre .45, ainda vai a bordo dois fuzis AR-15 com cano 10,5 polegadas, completamente equipados, com mira EO Tech 551, lanterna acoplada e laser TLR-2S, além da coronha retrátil padrão M4. Armamento para eventualidade nenhuma botar defeito !

A unidade opera sete dias por semanas com os helicóptero e com o avião somente nos dias de semanas. A unidade conta atualmente com 3 pilotos de helicópteros e 1 piloto de avião, além de 3 Observadores/TFO (1 Observador/TFO apto, mas que atua no serviço de patrulhamento).

A unidade segue o padrão americano de operação policial com tripulação somente com piloto e Observador/Tactical Flight Officer a bordo.

O avião Cessna C206H da unidade é completamente equipado para voos de patrulhamento, possuindo um poderoso sistema de imageamento Lockheed Martin Gyrocam DNV Day/Nightvision, que possibilita a captação de imagens para vigilância a cerca de 7.000 pés e cerca de 3NM, de maneira completamente velada e discreta.

Os helicópteros MD500E são equipados com sistema de imageamento térmico FLIR 8500, farol de busca Nightsun SX-16, suite completa de rádios policiais e moving map AeroComputers, além de terem seu cockpit completamente adaptado para utilização de óculos de visão noturna (NVG), equipamento este que é completamente operacional e necessário para a operação noturna da unidade.

Diferente de outras unidades americanas e similar ao Brasil, os equipamentos de FLIR e farol de busca somente são instalados na aeronave no período de operação noturno.

Outra diferencial da aeronave é seu custo operacional. Enquanto as outras unidades aéreas da região estão com suas operações aéreas sendo restringidas por questões orçamentárias, a unidade de Fresno County Sheriff consegue manter um ritmo de 6 horas de voo de patrulhamento diários. Para se ter uma idéia, apenas em questão de consumo de combustível, o helicóptero MD500E, com sua turbina Rolls Royce 250-C20B, consome cerca de 86 litros/hora.

Apesar de algumas limitações de desempenho, os helicóptero MD500E  frequentemente são acionados para realizar missões de salvamento na região montanhosa à oeste do condado, onde os topos mais elevados atingem mais de 13.000 pés.

A unidade mantém um contrato com uma empresa particular que mantém um mecânico/inspetor com dedicação exclusiva à unidade e é responsável por toda a manutenção dos helicópteros e do avião.

Alguns aspectos que chamaram a atenção:

A Califórnia é considerado o estado mais liberal dos EUA, mas criou um tremenda polêmica em legalizar a utilização da maconha para uso medicinal, criando a chamada Medical Marijuana. Basicamente, se você tiver uma receita médica você pode utilizá-la em centros terapêuticos, que por sua vez são autorizados a cultivar determinada quantidade da planta Cannabis.

Resultado: Fresno, por ser uma região agrícola, está infestada de plantações de maconha nos quintais das casas, onde uma planta de maconha chega a valer US$ 5 mil dólares, e criou-se um tremendo problema para fiscalizar se a maconha é legal ou ilegal.

Além da unidade aérea do Fresno County Sheriff, também compartilham do mesmo aeroporto a unidade aérea do Fresno Police Department e uma base da Califórnia Highway Patrol, e similar a alguns casos no Brasil, aparentemente, não existe uma política de cooperação entre as unidades, de forma que as operações, tempo de manutenção, horário de atuação se complementem. Logo, do mesmo jeito que existe três aeronaves operacionais, por questões técnicas de manutenção ou de efetivo reduzido, pode ocorrer das três aeronaves serem baixadas ao mesmo tempo, ou casos das três aeronaves serem acionadas para a mesma missão.

Como já observado em outras unidades, um fator que sempre me chama a atenção é a estrutura enxuta das unidades no quesito pessoal. Pois bem, na unidade de Fresno County Sheriff um turno de serviço normal é composto de DUAS pessoas, piloto e TFO. Sabe quantas pessoas mais de serviço em outras atividades, como telefonista, vigia, abastecedor, operador de rádio, motorista, apoio de solo, balizador, etc… Nenhum ! De serviço e para TODOS os serviços apenas DUAS pessoas. Algo inimaginável para mim até então…

Outra observação interessante e desconhecida até então é sobre o posicionamento da tripulação no MD500E, onde,  diferentemente das demais linhas de helicópteros, como Bell e Eurocopter, o 1P senta-se do lado esquerdo da cabine, enquanto que o TFO senta-se do lado direito da cabine.

Apesar de aparentemente não ter um motivo plausível ou técnico para tal fato, o interessante é que tal mudança facilita muito a atuação do piloto e da aeronave em missões de carga externa, onde o piloto fica em uma posição tremendamente mais confortável e ergonômica, se operando no lado direito. Interessante.

Veja a galeria de fotos da visita:

 

Texto e Fotos: Alex Mena Barreto para o site Piloto Policial.

Leia também:

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

- Saiba o que é trollagem: Cuidado com os TROLLS !

- Política de moderação: Política de moderação de comentários: sua consciência

Os comentários não representam a opinião do Piloto Policial. Os comentários são de responsabilidade dos respectivos autores.

Comentários

comentários