BRPAe – São José do Rio Preto completa 1º ano de operação

Anúncio

Numa cerimônia militar realizada esta manhã (12/08) no Comando do Policiamento do Interior em São José do Rio Preto (CPI-5), a Base de Radiopatrulha Aérea de São José do Rio Preto comemorou seu primeiro aniversário. A cerimônia, com a presença de autoridades civis e militares, teve a também a participação da diretoria do Aeroclube de São José do Rio Preto, representados pelo Comandante Antonio Facioli (presidente) acompanhado de dois integrantes da direção do aeroclube.

A cerimônia incluiu a entrega de certificados de Honra ao Mérito a soldados que se destacaram em serviço e teve início por volta das 9:30, com o perfilamento dos policiais e banda da Polícia Militar, que tocou o Hino à Bandeira durante a entrada do Pavilhão Nacional, o Hino Nacional, o Hino da Polícia Militar e o Hino do Aviador.

O efetivo misto, tendo os soldados da BRPAe em uniforme verde ao lado dos soldados da PM, esteve sob o comando do Capitão Siqueira (piloto do Águia) que comandou o desfile final perante o palanque das autoridades. Entre eles, o vice prefeito de São José do Rio Preto, e o comandante do Policiamento do Interior.

Falou, inicialmente, o Comandante Marcus Vinicius Baracho de Sousa, da Base de Radiopatrulha Aérea (veja o discurso abaixo), que fez um relato das 800 missões cumpridas no primeiro ano de operações, e dos desafios que enfrentou desde o início.

O Águia atendeu diversos tipos de operação: salvamento e proteção à vida, defesa patrimonial, defesa do meio ambiente, combate a incêndios, etc. em toda a região. Soubemos então que a PM investiu 5 milhões de reais no helicóptero Esquilo e mais 2 milhões em equipamentos. A sede da base aérea da PM estará pronta entre dezembro deste ano e janeiro de 2012, e está custando outros tantos milhões de reais e já se encontra em sua segunda laje no aeroporto de São José do Rio Preto.

Entre as missões importantes, foi citada a missão de decolar com mau tempo para Ribeirão Preto, para buscar um órgão doado que deveria desembarcar em Rio Preto para implantação em paciente daqui. O avião de grande porte precisou alternar para Ribeirão Preto devido ao mau tempo, e, enfrentando todas as intempéries, o Águia decolou em condições adversas, voou com tempo perigoso até Ribeirão e trouxe o órgão para o paciente que o aguardava, para poder sobreviver. Os detalhes, narrados hoje pelo comando da Base Aérea da PM, emocionaram todos os presentes.

Em meio às palmas e aplausos, a cerimônia encerrou com café e lanche para alguns dos convidados no Salão Nobre do comando, e o Águia 2 decolou do pátio da PM para retornar à sua base no aeroporto local.

Nota para Boletim Interno, alusiva a um ano de implantação do serviço de radiopatrulhamento aéreo no CPI-5:

Quando cheguei a São José do Rio Preto, com o desafio de orientar a implantação do serviço aéreo policial, confesso que me senti um pouco só. Mas esse sentimento logo desapareceu, nos primeiros contatos com os companheiros do policiamento, corpo de bombeiros, autoridades locais e colaboradores, que me receberam de braços abertos.  Foi um trabalho de equipe e quando percebi já estávamos prontos, para alçar os primeiros voos, começando no dia 12 de agosto de 2010.

As grandes oportunidades vêm disfarçadas de trabalho árduo, e veio a oportunidade de implantar um serviço voltado para a preservação da vida, da ordem pública. 24 horas, todos os dias. E já são 12 meses que o roncar dos rotores do Águia da Polícia Militar de São Paulo, corta os céus do noroeste paulista, cobrindo São José do Rio Preto e mais 95 munícipios sob a tutela do CPI-5. Foram mais de 370 horas voadas e 800 missões realizadas, todas voltadas para a proteção da sociedade.

Foram várias situações de apoios ao policiamento, busca e salvamento, preservação do meio ambiente, combate a incêndios, segurança pública e entre outras, destaco quando, aviões de grandes empresas aéreas, trazendo órgãos, para transplante, com toda a sua tecnologia, não conseguiram pousar em São José do Rio Preto, alternando suas rotas para outras cidades, por causa do mal tempo…, decolou a equipe do Águia, sob as piores condições climáticas, para o voo da vida, buscando o destino que outros não conseguiram, pousando onde ninguém ousa pousar, mantendo acesa a esperança de quem aguarda na fila por uma nova oportunidade para continuar a vida.

Não só nos lindos dias de sol, mas também quando desce a tormenta, a aeronave da Polícia Militar decola para proteger o cidadão, fazendo da excelência no serviço de radiopatrulhamento aéreo um hábito e não somente um feito.

Muito obrigado a todos aqueles que acreditaram em nós e apoiaram a criação da BRPAe SJRP, pois, foram facilitadores da realização de um serviço nobre, necessário e eficiente, garantindo uma melhora na qualidade de vida de todos da nossa região

Agradeço a todos os companheiros do CPI, batalhões de área, policia ambiental, policia rodoviária e corpo de bombeiros, pela paciência e colaboração, confiando no nosso apoio em suas operações. E podem ter a certeza da nossa dedicação em oferecer o mais alto nível de trabalho

Ao efetivo da base do Águia (pilotos, tripulantes, mecânicos e pessoal administrativo), o meu respeito e gratidão, pois, tiveram pouco tempo para a adaptação, aprendizado e amadurecimento, tão importantes na aviação, mas a vontade que vocês tiveram de se preparar, foi muito maior que a vontade de vencer, dando suporte à nossa existência, mostraram que amadores aspiram e profissionais trabalham, fazendo da disciplina o instrumento que transforma sonho em realidade. Parabéns! Vocês chegaram lá.

Não posso esquecer a família policial militar, homens, mulheres e crianças que como a minha esposa e filhos, mudaram suas vidas, deixaram suas cidades de origiem, parentes e amigos, e nos acompanharam nessa empreitada, confiando no sucesso dessa missão, pois, sem esse apoio, seria muito difícil seguir em frente. Obrigado!

Aprendemos com o passado, não nos conformamos com o presente e desafiamos o futuro. Contem com a nossa equipe por muitos anos voando para servir com, honra, lealdade, e certos do dever no cumprimento da missão de executar operações aéreas de segurança pública, preservando vidas, protegendo o patrimônio e potencializando todas as atividades da policia militar.

MARCUS VINÍCIUS BARACHO DE SOUSA

Comandante da Base de Radiopatrulha Aérea de São Jose do Rio Preto


Fonte: Aeroclube de Rio Preto / Gráfico: DiárioWeb


3 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns a todos os integrantes da Base São José do Rio Preto!!!
    O primeiro ano dessa Base pode determinar um futuro muito promissor.
    Ao meu amigo, Cap Baracho, desejo-lhe muita saúde e determinação para conduzir essa excelente Base e tomar suas decisões com sabedoria…
    Abraço!

    Cap PM Adriani José
    BRPAe Praia Grande

  2. Valeu Adriani, o pensamento positivo de amigos como vc, fazem as coisas boas acontecerem. Venha pessoalmente nos visitar! Fica o convite para todos os companheiros do Piloto Policial.
    Abraço
    Cap Baracho

  3. TENHO UM IRMÃO QUE É DEFICIENTE FISICO ELE AMA O AGUIA DE PAIXÃO ELE JÁ ATÉ FOI NO BATALHÃO DE RIBEIRÃO PRETO E DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO ELE TEM UM SONHO DE TER UMA MINIATURA DO AGUIA FIM DO NO PASSADO FUI ATÉ SÃO PAULO PARA COMPRAR MAS CHEGUEI LA ME DECPICIONEI ERA MUITO CARO NÃO TIVE COMO COMPRAR ELE ULTIMAMENTE NÃO TEM COMIDO DIREITO E ANDA MEIO TRISTE QUERIA VER SE VCS PODEM ME AJUDAR A REALIZAR ESSE SONHO DELE….OBRIGADA AGUARDO RESPOSTA E PARABÉNS PELA ATUAÇÃO EM SÃO JOSÉ DO RIO PRETO E REGIÃO…VALEU

Deixe uma resposta

- Saiba o que é trollagem: Cuidado com os TROLLS !

- Política de moderação: Política de moderação de comentários: sua consciência

Os comentários não representam a opinião do Piloto Policial. Os comentários são de responsabilidade dos respectivos autores.

Comentários

comentários