Maioria dos acidentes de drones é causada por falhas técnicas

Um estudo realizado pelos pesquisadores da School of Engineering e Edith Cowan University, dos Estados Unidos, revelou que, ao contrário do que muitos pensavam, a maioria dos acidentes causados por drones ocorreu por causa de problemas técnicos e não por erros humanos. A pesquisa, que analisou 150 acidentes de drones registrados entre 2006 e 2016, apontou que 64% das vezes os drones sofreram com falhas técnicas.

Maioria dos acidentes de drones é causada por falhas técnicas

 

Dos acidentes nos quais houve problemas técnicos com as aeronaves não-tripuladas, a maioria foi causada por falhas na comunicação do joystick de controle com o sistema inserido na aeronave pilotada remotamente. Uma das maneiras de reduzir a quantidade de acidentes causados por problemas técnicos nos drones é aperfeiçoar os sistemas e melhorar as legislações. Esse é o argumento de Graham Wild, um dos responsáveis pelo estudo.

“Aeronaves de grande porte, como as feitas pela Boeing ou Airbus, devem ter três versões do mesmo sistema disponível para a comunicação. Isso não acontece com os drones e ações como essa, que ajudam a reduzir os acidentes de aviões, podiam ser usadas para aumentar a segurança dos drones”, comentou.

Quanto à legislação, Wild explica que muitos acidentes com drones têm sido causados por conta da falta de leis que restrinjam o uso de aeronaves com menos de 25 kg, que nos Estados Unidos podem ser pilotadas sem nenhum certificado.

“Drones estão sendo usados para uma ampla gama de tarefas, e há uma série de atividades do dia a dia nas quais que as pessoas querem usá-los: entregar pizzas e encomendas, tirar fotos, combater incêndios e ações de busca e salvamento. É essencial para nossa segurança manter uma regulação nesta indústria crescente”.

Fonte: EurekAlert, via CanalTech.

 

1 COMENTÁRIO

  1. Diante destes fatos, e como forma de redução dos riscos, devemos banir dos serviços estatais as ARPs recreativas e preferir o uso de equipamentos robustos e confiáveis, como alguns empregados pelas FFAA (soluções duais), Sempre dando preferência para a indústria nacional, para assim evitarmos problemas logísticos futuros, como já vem ocorrendo com alguns entes federados.

Deixe uma resposta

- Saiba o que é trollagem: Cuidado com os TROLLS !

- Política de moderação: Política de moderação de comentários: sua consciência

Os comentários não representam a opinião do Piloto Policial. Os comentários são de responsabilidade dos respectivos autores.

Comentários

comentários